Labirintite é uma doença que acomete milhões de pessoas, desde crianças a idosos. O processo inflamatório do labirinto pode ter diferentes causas e sintomas. Por isso, é importante conhecer a doença e entender o diagnóstico.

Antes de tudo, é necessário saber o que é labirintite. Segundo o Ministério da Saúde, a doença significa a inflamação do labirinto, um órgão localizado dentro da orelha.

Conheça os perigos da concussão e saiba como identificar

Esse órgão é responsável pelas funções de equilíbrio e audição no corpo humano. Sendo a doença uma das diversas causas da tontura.

Normalmente, um dos sintomas mais comuns é a vertigem (sensação de ver o mundo girar) intensa e incapacitante. No entanto, a doença é facilmente confundida com qualquer sentimento de tontura.

Por isso, abaixo separamos um guia sobre a doença. Saiba quais os sintomas, causas e conheça os tratamentos da labirintite. Confira!

  • Sintomas da labirintite

    1. Tontura

    Um dos sintomas mais comuns é a tontura. No entanto, muitas vezes este mal-estar é chamado de labirintite. O que, segundo especialistas, é considerado errado, já que esse sintoma é comum em diversas doenças, sendo necessário um diagnóstico mais aprofundado.

    klebercordeiro/iStock
  • Sintomas da labirintite

    2. Vertigem

    A tontura pode ser um sintoma de labirintite. No entanto, a vertigem do tipo rotatório é mais comum nessa doença. Nesse caso, a pessoa apresenta uma sensação de que o ambiente está se movendo ao seu redor.

    A diferença para a tontura simples, nesse caso, é que a sensação aqui não é de desequilíbrio ou instabilidade.

    Pornpak Khunatorn/iStock
  • Sintomas da labirintite

    3. Náusea e vômito

    Muitas pessoas com labirintite apresentam sintomas como náuseas e vômitos, desencadeados muitas vezes pela vertigem ou tontura.

    klebercordeiro/iStock
  • Sintomas da labirintite

    4. Pressão ou zumbido no ouvido

    Por ser uma inflamação do labirinto, a labirintite pode desencadear sintomas como pressão ou barulho/zumbidos no ouvido.

    SIphotography/iStock
  • Sintomas da labirintite

    5. Sudorese

    Na fase aguda da doença, é possível apresentar ainda sudorese, quando o corpo libera o suor, podendo ser frio ou não.

    Hans Reniers/Unsplash.com
  • Causas

    1. Labirinto

    Doenças de Cogan e Meniére, vertigem postural paroxística benigna, otites, neuronites, entre outros, podem causar problemas no labirinto e desencadear a labirintite.

    VladimirFLoyd/iStock
  • Causas

    2. Alterações no sistema nervoso central

    Tumores, Acidente Vascular Cerebral (AVC), doenças neurodegenerativas, entre outras, podem causar a labirintite.

    Josh Riemer/Unsplash.com
  • Causas

    3. Hereditariedade

    A labirintite poder ser um problema de família. Por isso, muitas vezes, o  histórico familiar pode revelar a causa da doença.

    Jenn Evelyn-Ann/Unsplash.com
  • Causas

    4. Hipertensão e diabetes

    Toda mudança no metabolismo pode desencadear a um problema no labirinto. Nesse caso, doenças  como hipertensão e diabetes podem ser a causa para a labirintite.

    Kwangmoozaa/iStock
  • Causas

    5. Vírus

    Diversos vírus podem causar a labirintite. Normalmente, uma infecção viral pode levar à labirintite. Exemplos comuns são os resfriados ou até uma gripe aguda.

    Dragana991/iStock
  • Tratamentos para a labirintite

    1. De acordo com a causa

    Para tratar a labirintite, antes de tudo, é necessário descobrir a causa da doença. Por isso, o diagnóstico deve ser feito por um especialista da área.

    Online Marketing/Unsplash.com
  • Tratamentos para a labirintite

    2. Orientações dietéticas

    Um dos principais tratamentos para a labirintite está relacionado à dieta, evitando o álcool, o cigarro e controlando os níveis de colesterol, triglicérides e a glicemia no organismo.

    pilipphoto/iStock
  • Tratamentos para a labirintite

    3. Medicamentos

    Em casos de doenças virais, os médicos normalmente indicam medicamentos como: anti-histamínicos; controle de náusea e vômitos; e até anticonvulsivantes e antidepressivos.

    MJ_Prototype/iStock
  • Tratamentos para a labirintite

    4. Reabilitação vestibular

    Em alguns casos, o tratamento pode ser feito por meio da reabilitação vestibular, um tipo especial de fisioterapia focado em equilíbrio.

    O método consiste na realização de exercícios repetitivos com os olhos, a cabeça e o corpo, que aceleram a compensação vestibular, ativando mecanismos naturais em que o sistema nervoso tenta recuperar sozinho o equilíbrio, quando ocorre uma lesão no vestíbulo.

    KatarzynaBialasiewicz/iStock
  • Tratamentos para a labirintite

    5. Vida saudável

    Segundo especialistas, os bons hábitos de saúde, como a prática regular de atividades físicas, dieta balanceada e visitas regulares aos médicos, ajudam a evitar e prevenir doenças como a labirintite.

    Noipornpan/iStock

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!