Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 2 de maio de 2019

O que significam os hematomas em seu corpo?

A maioria dos hematomas é inofensiva e não precisa de tratamento. o corpo reabsorve o sangue derramado,

Imagem: Photoboyko/ Istock

Muita gente nota que, com a idade, os hematomas aparecem com mais facilidade. Se você estiver nesse grupo, não precisa obrigatoriamente se preocupar. Os hematomas são em geral causados pelo rompimento dos capilares (pequenos vasos sanguíneos), que sangram sob a pele. Com o tempo, os capilares ficam naturalmente mais frágeis, e a pele e o tecido adiposo se tornam mais finos e menos eficazes para protegê-los de batidas e esbarrões.

Em qualquer fase da vida, a maioria dos hematomas é inofensiva e não precisa de tratamento: o corpo reabsorve o sangue derramado, geralmente em poucas semanas. Colocar uma bolsa de gelo sobre o hematoma recente impede que ele se espalhe, de acordo com a Dra. Paola Pasquali, membro da Academia Europeia de Dermatologia e Venereologia. “Quando o hematoma tem mais de 48 horas, compressas quentes ajudam a apressar a cura”,diz ela.

No entanto, se toda hora você vê manchas roxas bem definidas em lugares onde tomou muito sol no decorrer dos anos, pode ser púrpura actínica, doença resultante da combinação dos danos causados pelos raios ultravioleta com o envelhecimento. Mas, novamente, é benigna. Se quiser camuflar as manchas, diz a Dra. Pasquali, use o tom complementar no círculo cromático. Por exemplo, um corretivo com tom esverdeado seguido por outro cor de pele resolve as manchas roxas avermelhadas.

Use gelo em hematomas novos para limitar o sangramento interno

Afora o fator idade, algumas pessoas simplesmente formam mais hematomas do que outras. A tendência a ficar roxo com lesões pequenas parece hereditária, e, em geral, as mulheres tendem a ser mais suscetíveis do que os homens. (Os cientistas ainda não sabem por quê.)

Procure outra possível explicação nos remédios que toma. “O uso a longo prazo de corticosteroides [medicamentos anti-inflamatórios receitados para artrite, eczema e outras doenças] orais ou tópicos pode afinar a pele, tornando-a mais sujeita a hematomas”, diz a Dra. Pasquali.

Os medicamentos que reduzem a coagulação (como ácido acetilsalicílico, varfarina e rivaroxabana) também podem ser culpados. Eles prolongam o sangramento dos capilares, resultando em manchas maiores e mais visíveis. Isso não significa que você deva deixar de tomá-los, ainda mais se o objetivo da medicação for controlar eventos com risco de morte, como infarto ou AVC. Mas converse com seu médico a respeito.

“Pode-se pensar em mudar a dose ou o tipo de medicamento”, diz o Dr. Jecko Thachil, coautor de um artigo publicado em 2017 no British Medical Journal sobre facilidade de formação de hematomas em adultos. “E o médico deve determinar se o medicamento está mesmo provocando o problema.” Com esse fim, ele pode querer seu histórico clínico detalhado.

Leia mais: conheça seis remédios caseiros par artrite

Embora os hematomas não costumem ser causa de alarme, há exceções. Se o hematoma estiver muito inchado e doloroso, a lesão pode ser um entorse ou uma fratura, o que exige cuidados. Também converse com seu médico se surgirem muitos hematomas de repente, se não sumirem com o tempo ou se aparecerem sem razão conhecida – principalmente em áreas menos dadas a lesões, como costas, tronco ou rosto. “Eles podem ser sintoma de problemas como escorbuto, leucemia, doença renal ou insuficiência hepática”, diz a Dra. Pasquali.

Em resumo, siga a mesma regra aplicada a qualquer outra mudança corporal: em dúvida, consulte um médico da sua confiança. 

Por Samantha Rideout

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados