As cores quentes e frias têm o poder de influenciar no tamanho dos ambientes, nas nossas sensações e na harmonia dos espaços. Saber utilizá-las com sabedoria é fundamental para deixar qualquer cômodo da casa aconchegante e belo. As cores quentes, por serem muito fortes, podem dar a impressão de diminuir os espaços. Já as cores frias, como o branco e o azul, dão a sensação de amplitude. Além disso, podem interferir no seu grau de concentração, nervosismo ou relaxamento.

Para utilizar as cores quentes e frias nos locais certos é importante pensar no objetivo de cada cômodo. Algumas cores você pode aplicar apenas em objetos na decoração também, veja essas sugestões. Não precisa ter medo das cores, anote essas dicas e transforme a sua casa no melhor lugar do mundo para você.

Por Thaís Garcez

jokerpro/iStock

Entre as cores quentes e frias, o vermelho geralmente é a mais difícil de utilizar nos ambientes. Por ser uma cor quente, deve ser usada com cautela. O vermelho estimula a fome, por isso é super adequado na cozinha, mas também nos dá a sensação de afeto e confiança. Uma boa opção é investir em detalhes na decoração.


KatarzynaBialasiewicz/iStock

A cor branca é coringa na hora de decorar a casa, pois combina com todas as outras cores. Além de dar amplitude aos lugares, traz luminosidade e calma. Paredes brancas podem ser utilizadas em qualquer lugar da casa.


KatarzynaBialasiewicz/iStock

Qual cor colocar no quarto de estudos? Violeta é uma ótima opção. Os tons mais claros estimulam o psicológico e trazem mais concentração. Para dar uma incrementada no ambiente, você pode apostar em luminárias e outros objetos. Veja essas dicas!


JZhuk/iStock

Para o seu home office o ideal são cores que ajudam no foco e na tranquilidade. E o verde é uma delas! O verde é uma cor considerada de equilíbrio entre o quente e o frio. Simboliza o bem-estar e o conforto. Invista nessa cor e confira aqui algumas ideias de decoração para um home office bonito e produtivo.