Faça uma busca
|
Publicado em: 24 de maio de 2019

10 dicas para você evitar erro médico

Você já recebeu um diagnóstico errado? Se previna e aprenda a evitar erros médicos com essas dicas!

Imagem: AaronAmat/Istock

Você está mais propenso a morrer de um erro médico do que de câncer ou de um acidente de carro. Em São Paulo, o Conselho Regional de Medicina recebe 3,5 mil denúncias mensais. As autoridades empenham-se em reduzir esse número, mas também há formas de você, como paciente, ajudar. Eis as melhores dez sugestões para antes, durante e depois da consulta. 

Evite erros médicos e, consequentemente, dor de cabeça depois.

1 Descubra tudo

Faça perguntas e reúna informações de grupos de pacientes e da Internet. Pesquisas mostram que aqueles que se envolvem com o próprio tratamento obtêm melhores resultados.

2 Quanto mais informações, melhor!

Peça ao seu médico que lhe explique todas as opções de tratamento disponíveis, incluindo os riscos em potencial.

3 Não se envergonhe

Se você não entender bem o que o médico ou uma enfermeira disseram, peça-lhes que repitam. Se continuar na dúvida, peça-lhes que expliquem os termos médicos na linguagem em que você entenda

4 Alergias

Se você for alérgico a uma substância ou tiver reagido mal a qualquer medicamento ou anestésico no passado, diga isso a todos que o estiverem tratando: médicos, enfermeiras e o anestesista – caso vá ser operado.

Leia mais: 7 dicas para evitar alergias no seu filho 

5 Internações

Se você ou um parente for internado verifique se todos os campos de internação estão corretos antes de assiná-lo.

6 Leia a bula dos medicamentos

Sempre leia a bula dos medicamentos. Tenha certeza que compreenda o motivo pelo qual você está tomando aquele remédio e por quanto tempo deve tomá-lo. Registre qualquer possível reação adversa e o que fazer caso ela ocorra. Pergunte se é seguro tomá-la com outros medicamentos ou suplementos alimentares e quais alimentos ou atividades evitar.

7 Em consultas

Se algum parente ou amigo precisar de um tratamento e tiver dificuldade de se comunicar ou de compreender o que está acontecendo, acompanhe-o para ajudar a explicar e fazer perguntas.

8 No hospital

Certifique-se de que toda a equipe médica que o está atendendo tenha informações precisas a seu respeito. Isso inclui os medicamentos que está tomando e o tratamento ou operação a que vai se submeter.

9 Se estiver grávida...

Se você estiver grávida ou acha que possa estar, não deixe de informar ao médico, à enfermeira ou ao técnico de raios X antes de fazer uma radiografia, tomografia ou qualquer tratamento que inclua radiação.

10 Mãos lavadas?

Sempre pergunte a médicos, enfermeiros, maqueiros e qualquer um que esteja prestes a tocar você – ou um equipamento que você estiver usando – se lavaram as mãos. Não se envergonhe disso. Já dizia o ditado: é melhor prevenir do que remediar (um erro médico!)

Leia mais: fibrose cística – 10 recomendações médicas para lidar com essa doença sem cura

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


Cadastre-se GRÁTIS para continuar lendo


Você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos

Já tem cadastro? Faça login aqui.

Já sou assinante da Revista Impressa

close