Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Artigo exclusivo para assinantes!
Cadastre-se para continuar lendo!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 7 de maio de 2020

Descubra o melhor tipo de iluminação para seu escritório

A iluminação é parte fundamental da casa. Confira algumas dicas!

Imagem: HAKINMHAN/iStock

Apesar de iluminarem o nosso dia a dia, as luzes elétricas tornaram-se tão familiares que passam despercebidas. Mas a iluminação da nossa casa e escritório pode nos afetar a saúde mais do que poderíamos imaginar. Confira a diferença entre alguns dos tipos de lâmpadas e qual é a ideal para adotar em seu escritório!

Iluminação fluorescente ou incandescente? 

As lâmpadas incandescentes utilizam a eletricidade para aquecer um filamento de tungstênio que brilha com uma luz suave. Esse tipo de iluminação é agradável à vista porque sua tonalidade quente imita a luz solar da tarde. Porém, estas lâmpadas não são eficientes. A maior parte da energia elétrica transforma-se em calor, e não em luz. Por isso, provocam um maior aumento na conta de luz

Muito mais eficientes e duradouras são as lâmpadas fluorescentes, que utilizam os raios ultravioleta para fazer que um revestimento fluorescente brilhe dentro da lâmpada. Mas há inconvenientes. As lâmpadas fluorescentes tradicionais emitem uma luz fria e azulada que pode provocar fadiga ocular. Além disso, não emitem a luz continuamente: tremeluzem cerca de 120 vezes por segundo. Embora não perceptível à vista, este tremeluzir pode causar dores de cabeça ou enxaquecas em algumas pessoas. 

Filtro nas lâmpadas

Os filtros que se colocam sobre lâmpadas fluorescentes podem reduzir o brilho intenso e aumentar as cores quentes do espectro que as lâmpadas fluorescentes brancas não têm. E assim, criando uma luz parecida com a luz solar. 

Instaladas em um local onde se passe muito tempo, como no escritório ou cozinha, estas lâmpadas irão ajudá-lo a manter-se ativo durante mais tempo e a trabalhar com maior produtividade. Quer mais dicas para manter um escritório bem iluminado e econômico? Confira esse artigo!

A luz correta para ler

O ideal é que as luzes para ler e trabalhar sejam três vezes mais fortes do que a iluminação geral da casa. Você pode criar sua própria luminária ou escolher uma em uma loja. O ideal é que opte por uma que difunda alguma luz para cima e para os lados, ao mesmo tempo que dirija a maior parte da luz para baixo. Uma luminária deve ser colocada de tal modo que ilumine o trabalho ou livro, mas não reflita a luz diretamente para os olhos.

A melhor maneira de o fazer é colocar a luminária de um dos lados, com a parte inferior do abajur ao nível dos olhos ou ligeiramente abaixo.

Trabalhar com o computador é uma questão diferente, porque a própria tela é uma fonte de luz. Ajuste a luminosidade da tela de modo a ficar ligeiramente mais brilhante do que o espaço circundante. Além disso, se houver uma janela próxima ou outra fonte de luz intensa, coloque a tela do computador de modo que a luz não incida nela nem você veja nela qualquer reflexo forte. 

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados