Faça uma busca
|
Publicado em: 17 de agosto de 2021

Colesterol alto: causas e cuidados

O LDL pode causar diversos problemas ao nosso organismo e os mais conhecidos são as doenças cardiovasculares. Fique atento aos cuidados para evitá-las.

Imagem: Chinnapong/iStock

Quatro em cada dez brasileiros têm colesterol alto, segundo o Ministério da Saúde (MS). Esse dado assusta, né? A chamada hipercolesterolemia, causada pelo colesterol alto, pode aumentar o risco de problemas cardiovasculares, como infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC). Por isso, merece nossa atenção.

Felizmente, a adoção de hábitos saudáveis ajuda a combater esse mal. Tudo começa com uma alimentação equilibrada, à base de cereais integrais, frutas e gorduras boas.

Quer saber como controlar o seu colesterol? Então continue a leitura. Também vamos explicar as diferenças entre HDL e LDL e sugerir boas opções para incluir no cardápio.

Leia também: 20 sucos para manter o colesterol sob controle

Primeiro, vale destacar que o colesterol é importante para o nosso organismo. O composto orgânico, formado por lipídios e proteínas, está presente no sangue e nos tecidos do nosso corpo. Além das estruturas cerebrais, musculares e na pele, entre outros órgãos vitais. Por isso, é indispensável para o funcionamento das células.

O colesterol ajuda na formação de ácidos biliares, responsável por digerir as gorduras da alimentação, contribuir para a produção de hormônios e vitamina D.

Porém, vale ressaltar que existem dois tipos de colesterol: as Lipoproteínas de Baixa Densidade (LDL), popularmente conhecido como “colesterol ruim”, e as Lipoproteínas de Alta Densidade (HDL), chamado de “colesterol bom”.

Colesterol bom (HDL) e colesterol ruim (LDL)

As taxas de HDL, de uma pessoa adulta, devem ficar acima de 40mg/dL, conforme afirma a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). E como faz para conseguir isso? É recomendável praticar atividade física regularmente, manter uma alimentação equilibrada e fazer exames para verificar as taxas sanguíneas.

O LDL em níveis sanguíneos elevados se torna um grande causador de doenças cardiovasculares, com o entupimento das artérias. Já o HDL, limpa o colesterol presente na parede dos vasos sanguíneos e transporta a gordura até o fígado para ser eliminada do corpo.

Como citado anteriormente, o LDL é um dos componentes que constitui as placas que estreitam e endurecem as artérias causando aterosclerose. Segundo o Ministério da Saúde, elas são formadas por gordura que reduzem o fluxo de sangue de órgãos vitais, como o coração, cérebro e intestinos.

Quando essas placas crescem formam uma parte rugosa na parede da artéria, causada por acúmulo de gordura, que é responsável pela formação de coágulos de sangue, provocando graves problemas de saúde.

Causas do colesterol ruim alto

Você sabia que a maior parte do colesterol é produzido pelo próprio organismo? Por isso, alguns índices elevados podem ser justificados pela genética, mesmo que o paciente tenha uma dieta equilibrada. O uso de medicamentos também influencia na taxa do LDL, como os corticosteróides.

Leia também: Conheça 13 fontes de gordura boa e veja como consumi-las

Mesmo assim, é importante manter hábitos saudáveis, como uma alimentação equilibrada e a prática de atividade física regular. Visto que, o consumo de alimentos ricos em gordura saturada, excesso de peso, sedentarismo e abuso de bebidas alcoólicas são agravantes para o surgimento de doenças cardiovasculares.

Problemas causados pelo colesterol alto

O infarto do miocárdio e o AVC estão entre as consequências mais graves do colesterol alto e são a principal causa de morte em todo o mundo. De acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), elas atingem 17 milhões de vítimas por ano.

A obstrução, causada pelo acúmulo de gordura, ainda dificulta o transporte de oxigênio e nutrientes até os órgãos e, por isso, compromete suas funções. Em casos mais graves, pode entupir os vasos sanguíneos e causar a aterosclerose.

As doenças crônico não transmissíveis (DCNT), causadas pela dislipidemia caracterizada pela anormalidade dos níveis de lipídeos e de lipoproteínas no sangue.

O nome pode parecer estranho, mas as consequências são comuns no nosso dia a dia, como mostram os dados citados. Estima-se que, aproximadamente, 20 milhões de brasileiros sofram com o problema.

As DCNT causam mortes prematuras, perda da qualidade de vida e impactam a economia e a sociedade. A pressão alta é um dos exemplos que atinge muitas pessoas. Além disso, a OMS caracteriza o problema como um dos seis principais fatores que causam doenças cardiovasculares. Preocupante, não acha?

Agora que sabemos as consequências do colesterol LDL alto, vou dar algumas dicas para evitar problemas mais graves. Acompanhe!

Cuidados com o colesterol

A SBC definiu a quantidade saudável de LDL presente em nosso corpo, os números variam de acordo com o risco cardíaco de cada paciente, como doenças crônicas.Vejas os números abaixo:

  • Risco cardíaco baixo: LDL de até 130 mg/dL
  • Risco cardíaco intermediário: LDL de até 100 mg/dL
  • Risco cardíaco alto: LDL de até 70 mg/dL
  • Risco cardíaco muito alto: LDL de até 50 mg/dL

Vale destacar que as placas de gordura levam anos para se desenvolverem ao ponto de causar um infarto ou AVC. Por isso, elas são consequência das escolhas feitas ao longo da vida.

E o colesterol VLDL, o que é?

Você sabia que existe um terceiro tipo de colesterol? Estamos falando do VLDL, sigla em inglês para Lipoproteínas de Densidade Muito Baixa.

A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) explica que o colesterol é formado quando o fígado libera triglicérides na forma de VLDL, dentro da corrente sanguínea, junto com o LDL e proteínas.

As células utilizam a gordura para obter energia e as sobras são as moléculas de LDL. Por isso, o VLDL também é considerado um mau colesterol, já que o excesso pode causar problemas cardiovasculares.

Vamos para mais algumas dicas, agora de alimentação!

Dicas de alimentação para controlar o colesterol alto

Como nossas escolhas alimentares diárias influenciam no nível de colesterol presente em nosso organismo, o MS desenvolveu o guia de Alimentação Cardioprotetora que lista os melhores grupos alimentares que podem ser consumidos. Estão na lista, verduras, frutas, leite desnatado e leguminosas, como feijão, ervilha e lentilha.

Já os pães, massas e cereais devem ser ingeridos com moderação. As carnes, ovos e manteiga também devem ter o consumo reduzido.

Além de evitar o acúmulo de LDL, alguns alimentos têm propriedades benéficas para a saúde cardiovascular. Posso citar como exemplo, as gorduras monossaturadas, popularmente conhecida como gordura boa, que contribui para a elevação do HDL no organismo.

Confira os principais itens da lista:

  • Feijão – Excelente fonte de proteínas e fibras;
  • Farelo de aveia – Diminui a absorção de gorduras no intestino;
  • Soja – A proteína de soja isolada reduz a concentração de LDL e triglicérides, pode ser utilizada como substituta da carne vermelha;
  • Uva – Contém resveratrol, substância associada à remoção de partículas de LDL da corrente sanguínea, o que pode diminuir a incidência de ateromas;
  • Abacate – Rico em gordura monoinsaturada, regula a síntese de colesterol no fígado;
  • Frutas vermelhas – Têm polifenóis, antioxidantes naturais capazes de combater a aterosclerose;

Vale ressaltar que as necessidades nutricionais de cada pessoa podem variar. Por isso, é aconselhável procurar um nutricionista quando for montar o cardápio. Ele poderá auxiliar na escolha das melhores opções de acordo com o seu perfil e histórico familiar.

Pryscilla Casagrande
Pryscilla Casagrande
Mestre em Alimentos e Nutrição pela UNIRIO, graduada em Engenharia de Alimentos pela UFRRJ, pós-graduada MBA em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas e especialista em Chocolates e Açúcares pelo Central College of the German Confectionery Industry (ZDS) em Solingen, Alemanha. Atualmente é Coordenadora do Centro de Competência de Alimentação e Saúde da PROTESTE – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close