Faça uma busca
|
Publicado em: 15 de março de 2021

No seu dia desejo: consumo consciente, sustentável e com moderação!

Ter um consumo consciente e sustentável pode ajudar você a conquistar seus sonhos e objetivos.

Imagem: Massonstock /iStock

O Dia do Consumidor chegou! Mas o que consumir nessa data comemorativa especial? A resposta é simples: você escolhe. Pode ser um item que você queria faz muito tempo e que finalmente ficou mais barato. Pode ser um item que teve o preço reduzido, sem a pegadinha da venda casada. Ou até mesmo um presente para uma pessoa querida. A verdade é que não há uma regra, o importante é que a sua compra seja feita com consciência e não por impulso.

Ao longo dos anos, nós já compartilhamos muitas dicas de como economizar nas compras e de como você pode exigir os seus direitos para não ser enganado. No entanto, dessa vez, a principal dica não é para fugir de armadilhas e falsas promoções. Hoje, você não vai descobrir como ter um consumo consciente e como investir o seu dinheiro.

O que é consumo consciente?

De forma resumida, consumo consciente é ser capaz de escolher e decidir consumir aquilo que você realmente precisa, sem desperdício, na quantidade que precisa e pagando o preço justo. É conhecer os seus direitos de consumidor na hora de comprar um produto ou serviço e exigir que eles sejam respeitados.

Leia também: Fique de olho no Código de Defesa do Consumidor

Mesmo que um produto esteja realmente mais barato, se você não precisa dele, não vale a pena investir o seu dinheiro nele. Especialmente se for um item que dificilmente você irá usar. Em tempos de recessão econômica, a ordem é economizar, ou seja, deixar de gastar. Estabelecer um consumo consciente pode ajudar você nesta tarefa!

Consuma investimentos. Mas não qualquer investimento.

Nós já falamos muito aqui no site sobre como os investimentos são importantes para conquistar a independência financeira. No entanto, é preciso tomar cuidado para investir em produtos financeiros vantajosos; aqueles que vão te dar retorno e ajudar a equilibrar a sua vida financeira.

Faça investimentos pensando em uma emergência, no futuro e também num projeto específico. Se você quer viajar assim que a pandemia acabar ou sonha em fazer uma festa bem aglomerada, planejar os seus gastos é fundamental para não se endividar. Portanto, reserve dinheiro para conquistar seus objetivos! Não sabe por onde começar? Confira algumas dicas abaixo!

Para a reserva de emergência, consuma produtos de renda fixa com alta liquidez (saque imediato ou muito rápido). Especialistas recomendam CDB com liquidez diária e rentabilidade de 100% do CDI. Esses você só encontra em bancos digitais, fintechs e corretoras independentes.

O Tesouro Selic é outra excelente opção, a mais segura. Com a previsão de aumento da taxa de juros nos próximos meses, o Tesouro Selic será ainda mais rentável. Está achando que não tem nem um centavo para isso? Procure aí no bolso da calça, pois você pode começar a investir com aquele trocado que sobrou no fim do mês. Comece depositando na Poupança mesmo. Depois, quando juntar R$ 35,00, transfira para o Tesouro Selic. Ou, quando a conta da corretora ou banco digital estiver aberta, transfira para o CDB.

Invista o seu dinheiro para realizar os seus planos e gaste seu dinheiro com consciência. (Imagem: Vergani_Fotografia/iStock)

Falando em conta de bancos, esse é outro produto financeiro que precisa da sua atenção na hora de consumir. Abra uma conta sem taxa de pacote de serviços. Peça o cartão de crédito sem anuidade. Aprenda a usar o cartão de crédito a seu favor, sem se endividar. Sim, isso é possível e nós já demos essa dica. Um bom começo é cancelar aquele cartão de crédito que cobra anuidade e não oferece benefício nenhum. Você também pode pedir o pacote de serviços sem taxa na sua conta-corrente. Sim, ele existe!

Consuma Títulos do Tesouro, Pré e Pós fixados, com prazo de resgate de médio e longo prazo. Os de médio prazo devem ser utilizados para realizar os seus projetos que estão mais próximos, como aquela viagem ou festa que falamos anteriormente.

Já os Títulos de longo prazo, devem ser consumidos pensando no seu futuro, ou seja, na sua aposentadoria. Lembrando novamente que, com o aumento da taxa de juros, eles serão mais rentáveis. Um Tesouro Pós Fixado IPCA sempre vai garantir que você receba um retorno acima da inflação (o IPCA e mais um percentual). Há outros produtos financeiros também, como fundos de investimento e ações. Essas opções são recomendadas para quem já fez a reserva de emergência.

E para saber como investir na Renda Variável, consuma conhecimento. Informe-se! Existem livros ótimos que podem ajudar nesse objetivo. Quando você conseguir entender como funcionam os diversos tipos de investimentos, poderá investir com segurança. Mas se você não tiver conhecimento e nem segurança, consuma os serviços das casas de análises de investimentos. Cada vez mais os bancos também estão produzindo conteúdo sobre finanças. Dedique um tempo para construir sua independência financeira.

Além disso, procure se qualificar. Invista em cursos de ensino à distância (EAD) e aproveite para fazer uma graduação, pós-graduação ou MBA. Até mesmo os cursos livres podem ajudar você a obter mais conhecimento e impulsionar sua carreira. Acredite, investir em conhecimento vale muito mais que investir em objetos novos.

Seja um consumidor sustentável

Ser sustentável também é uma forma de economizar. (Imagem: twinsterphoto/iStock)

Se você tem um estilo sustentável, já sabe que pode optar por produtos que agridem menos o meio ambiente. Também pode mudar o seu comportamento, incorporando hábitos sustentáveis que podem te ajudar a economizar uma grana. É fácil aprender a reaproveitar os itens que já tem em casa, redefinindo o uso, reciclando ou customizando.

Você sabia que dormir com os filhos no mesmo quarto para ligar apenas um ar condicionado é um comportamento sustentável? Guardar as roupas do filho mais velho para serem usadas pelo mais novo também segue essa mesma linha de pensamento. Você não faz nada disso, mas faz uma lista de compras e se atém a ela no mercado? Junta uma quantidade maior de roupa para lavar na máquina, ligando-a menos vezes para economizar energia? Quando passa roupas, deixa os tecidos pesados como jeans, para o final porque o ferro já vai estar mais quente? Se você respondeu “sim” para a maioria dessas perguntas, você está no caminho certo para ter uma vida mais sustentável. E já pode ter um estilo de consumo consciente.

Não ceda às diversas propagandas que recebe por e-mail, aplicativos e mensagens no celular. Se a vendedora da sua loja preferida mandar mensagem e você não estiver precisando do produto, ignore. Repense o seu consumismo, as suas necessidades, e o que o seu bolso precisa. Muitas vezes equilibrar as contas pode ser o maior presente que você pode se dar. Conseguir investir dinheiro para ter uma vida financeira mais tranquila, pode ser o seu melhor presente.

Construa a sua independência financeira e fuja do consumismo. Isso é o que eu desejo neste Dia do Consumidor!

Samasse Leal
Samasse Leal
Apaixonada por Direito, Samasse Leal é especialista em Direito do Consumidor, pós-graduada pela PUC-Rio. Co-autora e revisora técnica da obra Use as Leis a Seu Favor, participou de diversas edições do programa Sem Censura (TVE) e programas de rádio, falando sobre direitos para o público em geral. Nos quase 20 anos de carreira, atuou em grandes escritórios jurídicos, empresas, associação de defesa dos consumidores e atualmente atua na área de relações com investidores de uma multinacional espanhola.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados