Quem vê Jeniffer Nascimento no ar, com um corpão na novela “Verão 90” da TV Globo, sequer imagina que a atriz teve que fazer uma mudança radical nos hábitos à mesa para superar o seu problema com a insulina.

“Sempre fui meio desapegada com a alimentação, até o momento em que fui me consultar com a minha endocrinologista. Fiz os exames e descobri que o meu nível de insulina estava alto. Foi um susto, porque apesar de ser uma pessoa esteticamente magra, eu estava com esse problema”, conta.

Para evitar o perigo de se tornar diabética em razão dos altos níveis de insulina, Jeniffer passou a redobrar os cuidados com sua alimentação. Por isso, mudou alguns hábitos à mesa.

“O primeiro passo foi dar uma boa cortada nos carboidratos para abaixar a minha insulina. Passei a comer mais frutas, também. O que não foi um problema, porque é algo que eu amo. O desafio maior veio com as saladas, que têm sempre a mesma cara, de ser a mesma coisa. No entanto, procuro variá-las, mas não é algo que me agrade muito”, confessa.

Nessa viagem ao novo mundo dos temperos, pratos, receitas e sabores, Jeniffer descobriu a poderosa chia – que ajuda na perda de peso e é uma ótima aliada para quem está em processo de dieta, uma vez que suas sementes proporcionam maior sensação de saciedade ao organismo.

Segredos dos fitonutrientes são revelados pelos cientistas

“Nossa, amo! Até então, nunca tinha comido. Olhava para aquelas sementinhas e não achava que deveriam ser gostosas. Mas depois que passei a colocá-las nos alimentos, adorei. Faço uma tapioca de chia que é deliciosa”, entrega.

Jeniffer Nascimento interpreta Kika em “Verão 90”

Vida em movimento

Junto com a nova alimentação, Jeniffer manteve a rotina da prática de exercícios. Avessa à academia, o que a atriz gosta é praticar esportes em que possa estar em contato com a natureza. “Não curto ficar presa dentro de uma academia. Adoro esportes radicais, fazer mergulho com cilindro e rapel. Danço e pratico Pilates e Muay Thai. Estou sempre mudando a atividade para não enjoar”, explica.

Aos 25 anos e um dos padrões de beleza de sua geração, ela conta que até os 18 anos usou produtos químicos para alisar os fios – que, teoricamente, amaciavam os cachos e reduziam o volume –, fez escova progressiva, até que ao entrar na vigésima segunda temporada de Malhação, em 2014, tudo mudou: ela assumiu o seu cabelo black.

Veja como curar o coração ao ar livre.

“Foi libertador! Eles queriam um símbolo de representatividade, então coloquei tranças. Quando a novela acabou, eu pensei: ‘Gente, esse cabelo é meu! Que lindo’. Me sinto livre, posso tomar chuva e tudo mais. E o melhor é que esse cabelo não dá trabalho. Seco os fios em cinco minutos”, diz.

7 truques essenciais para a beleza dos seus cabelos cacheados

Para dar vida à Kika, personagem de “Verão 90”, a atriz cortou, descoloriu e tonalizou o cabelo – e adorou o resultado final.  “Ficou lindo. E como estamos no verão, é só eu tomar um sol que o cabelo já dá uma descolorida, fica dourado. Então só faço reflexo a cada quatro meses, para manter o tom, a coloração”, comenta Jeniffer, que de cuidados com as madeixas inclui hidratação e um bom leave in. “No dia seguinte os fios ficam melhores, ganham volume e os cachos adquirem forma”.

Confira também!

Camila Queiroz e seus preparativos para “Verão 90”

Márcio Gomes
Márcio Gomes
O carioca Márcio Gomes é apaixonado pelo jornalismo, tanto que o escolheu como profissão. Passou por diversas redações, já foi correspondente estrangeiro dos títulos da Editora Impala de Portugal, e editor na revista deBORDO. Escreveu para várias publicações como Capricho, Manchete,Desfile, Todateen, Seleções, Agência Estado/Estadão e outros. Márcio é “assim ó” com as celebridades, e agora toda semana convida uma delas para contar seus segredos de saúde e beleza – aqueles que nós, pobres mortais, também podemos adotar.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!