Faça uma busca
|
Publicado em: 7 de julho de 2021

Astrologia védica: saiba o seu signo no horóscopo indiano

A astrologia védica faz parte dos Vedas e corresponde aos signos do zodíaco sob a ótica das constelações do universo

Imagem: Bicho_raro/iStock

A astrologia védica é considerada um dos 6 "conhecimentos sagrados da luz", como a Yoga, para a cultura hindu. Na Índia, a astrologia védica é chamada de Jyotisha e o seu estudo, em sânscrito, tem origem há mais de 6 mil anos, antes mesmo do descobrimento de todas as ciências da humanidade.

Por isso, é exatamente neste ponto que a astrologia védica se difere da astrologia ocidental, que também é chamada de astrologia moderna, porque a Jyotisha tem como base o conhecimento da posição das estrelas e constelações - também conhecida como astrologia sideral.

Leia também: Os benefícios da yoga e da meditação no ambiente escolar

Dessa forma, a principal diferença entre o zodíaco védico e o zodíaco ocidental é que, no ponto de vista ocidental, há um maior foco no estudo da personalidade - e esse conhecimento pode ser muito rico quando aprofundado na análise do seu mapa astral, que você pode compreender melhor nessa matéria exclusiva!

Enquanto, para os hindus, a astrologia védica se concentra em fazer previsões exatas sobre o seu futuro, em todas as áreas da sua vida, como amor, família, filhos, trabalho e saúde, além de esclarecer carmas e questões que trazemos de outras encarnações.

Mas apenas com o seu signo védico é impossível prever todas essas coisas, por isso, a Academia Brasileira de Astrologia Védica, ABAV, é referência no Brasil para o cálculo preciso do mapa astral védico, que é o verdadeiro propósito da astrologia védica.

Para os hindus, a Jyotisha é muito mais do que uma análise dos signos, pois trata-se de um aconselhamento profundamente espiritual sobre o nosso caminho de vida.

Como são os signos para a astrologia védica?

signos da astrologia védica
A astrologia védica se difere da ocidental em relação à contagem dos dias, que é feita de acordo com a observação das estrelas. (Imagem: sarayut/iStock)

Para a astrologia védica, elementos do zodíaco ocidental são aprofundados, como as posições de Rahu e Ketu, que correspondem no mapa astral ocidental aos nodos lunares Norte e Sul, que vão abordar o que trazemos de benéfico de outras vidas e os desafios que teremos de enfrentar nessa vida.

Na composição básica dos signos zodiacais, a astrologia védica é composta também por 12 casas que a ocidental, mas utiliza apenas 7 planetas na análise do mapa natal: Marte, Vênus, Mercúrio, Saturno e Júpiter, além do Sol e da Lua; deixando Plutão e Netuno de fora, planetas que são importantes para o estudo da força inconsciente e espiritual que trazemos desde o nascimento, de acordo com a astrologia ocidental.

Leia também: Terapia holística: o que é, tipos e por que fazer

Para identificar o seu signo no horóscopo indiano, é preciso levar em consideração que o cálculo védico se baseia na posição sideral dos astros e não da forma ocidental; que segue a posição geográfica do seu nascimento e onde os planetas, o Sol e a Lua, estavam naquele momento exato.

Por isso, o dia do seu nascimento pertence ao grupo de outro signo védico. Isso ocorre porque o calendário indiano antigo era calculado baseado no tempo celeste, ou seja, o tempo das constelações, e não conta os dias da mesma forma que o nosso calendário, o gregoriano, que foi criado na Idade Média e determina os meses e dias a partir do nascimento de Cristo.

Por exemplo, se você for do signo de Áries, é muito provável que você tenha nascido durante a regência de Mesha (que é também o primeiro signo do zodíaco indiano); mesmo que o seu aniversário seja alguns dias antes ou depois. Isso acontece também por causa das diferenças de latitude e longitude que são calculadas no mapa natal, e são observadas da Terra (como no mapa astral ocidental) e do espaço (como no mapa védico).

Além disso, é possível notar muitas semelhanças com a personalidade dos signos da astrologia moderna. Confira o seu signo na astrologia védica!

astrologia védica horóscopo
Sua data de aniversário pode não corresponder ao mesmo signo na astrologia védica. (Imagem: RamonCarretero/iStock)

Mesha ou Áries (15/04 a 15/05)

As pessoas nascidas sob o signo de Mesha têm mentes joviais e ativas, embora se tornem impacientes quando não alcançam seus desejos imediatamente. São muito reverentes e nutrem um profundo respeito pelos mais velhos e pelos superiores. Dificilmente contestam a autoridade dos líderes, seja na família ou no trabalho, e não se sentem bem seguindo disciplinas rígidas. Por isso, é preciso encontrar um equilíbrio quando assumem posições de comando, pois correm o risco de se transformar em verdadeiros tiranos.

Vrishabha ou Touro (16/05 a 15/06)

As pessoas nascidas sob o signo de Vrishabha têm uma aparência tímida e pacata, mas escondem amantes determinados(as), que investem nas conquistas com muita ternura e delicadeza. Um grande desafio da vida profissional dos nativos de Vrishabha é aprender a selecionar melhor as pessoas com as quais querem se relacionar ou fazer negócios. Além disso, também precisam aprender a aceitar as próprias derrotas e a reconhecer que nem sempre estão com a razão.

Mithuna ou Gêmeos (16/06 a 16/07)

As pessoas nascidas sob o signo de Mithuna são muito amorosas. Fazem o impossível para conquistar e são sedutoras natas. Mas há um desafio: para conviver com elas é preciso aprender a lidar com seu comportamento inconstante.

Karka ou Câncer (17/07 a 17/08)

As pessoas nascidas sob o signo de Karka são protetoras e muito afetivas, sensíveis e leais. Querem viver o sonho do grande amor e, por isso, escolhem seus parceiros com muito cuidado. Por outro lado, precisam controlar os seus desejos de dominação com o outro.

Simha ou Leão (18/08 a 15/09)

As pessoas nascidas sob o signo de Simha não medem esforços para viver uma grande paixão com glória e esplendor. Em contrapartida, cobram fidelidade e carinho da pessoa amada e são muito ciumentas e possessivas, e, assim, acabam criando confrontos e brigas desnecessárias quando se sentem traídas. 

Kanya ou Virgem (16/09 a 17/10)

As pessoas nascidas sob o signo de Kanya têm um grande coração e adoram ajudar os outros. São detalhistas e podem orientar muito bem qualquer pessoa, além de ter um ótimo desempenho no trabalho. Procuram alcançar a perfeição nas relações e na vida. Além disso, possuem grande persistência e paciência e não se incomodam em dar um passo de cada vez.

Tula ou Libra (18/10 a 16/11)

As pessoas nascidas sob o signo de Tula, além de sedutoras, contam com o dom de encantar os outros por meio das palavras. Elas se tornam tão atraentes que é quase impossível resistir ao seu charme e à sua delicadeza. Mas, especialmente no trabalho, precisam encontrar o equilíbrio e não se perder para agradar os outros.

Vrischika ou Escorpião (17/11 a 16/12)

As pessoas nascidas sob o signo de Vrischika são comparadas a um vulcão, em termos de sensualidade e paixão. Elas são muito intensas e vivem prontas para entrar em erupção. Mas costumam esconder a sua enorme devoção às pessoas que amam com uma máscara de autocontrole permanente.

Dhanu ou Sagitário (17/12 a 14/01)

As pessoas nascidas sob o signo de Dhanu podem parecer um pouco cruéis quando se expressam sem pensar, e costumam confundir sinceridade com agressividade. Mas, na verdade, carregam um grande desejo de descoberta. De acordo com a astrologia védica, elas são otimistas, joviais e muito sinceras em todas as áreas da vida. 

Makara ou Capricórnio (15/01 a 13/02)

As pessoas nascidas sob o signo de Makara carregam consigo uma máscara de timidez, sobriedade e responsabilidade que esconde a sua personalidade sonhadora e romântica. Dedicam-se ao trabalho e levam compromissos e responsabilidades muito a sério.

Kumbha ou Aquário (14/02 a 14/03)

As pessoas nascidas sob o signo de Kumbha têm fama de ser grandes companheiras e amigas. Mas, no amor, isso pode acabar sendo um problema, pois as pessoas desse signo não costumam expressar seus sentimentos de forma muito romântica. Para a boa convivência, o primeiro passo é compreender suas excentricidades.

Mina ou Peixes (15/03 a 14/04)

As pessoas nascidas sob o signo de Mina têm gestos delicados, são muito carinhosas e costumam utilizar todas as formas que encontram para demonstrar o amor que sentem; isso porque têm uma certa dificuldade em expressar as emoções mais profundas por meio de palavras. Mas precisam ficar atentas para não confundirem fantasia com realidade.

História da astrologia védica

É importante considerar que a astrologia ocidental, como a conhecemos, que é a mais conhecida e valorizada do mundo, nasceu no hemisfério Norte. E, até hoje, nem todos os textos foram traduzidos do inglês para o português. Pela mesma razão, a astrologia védica é ainda menos conhecida no Brasil.

Nascida na Índia, há mais de 6 mil anos, a sua base é em sânscrito e é necessário levar em consideração a falta de alguns conhecimentos que são essenciais hoje, os quais nasceram a partir do estudo científico.

O principal desses conhecimentos é a geografia, algo muito importante para analisar a posição dos planetas e astros no universo, em relação aos locais e horários equivalentes na Terra.

A astrologia védica tornou-se mais conhecida na última década por meio da medicina Ayurveda e da Yoga, que também pertencem aos Vedas, o conjunto de textos sagrados do hinduísmo.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close