Faça uma busca
|
Publicado em: 20 de agosto de 2021

Como organizar um casamento dos sonhos

Confira o passo a passo para planejar o grande dia

Imagem: Milkos/iStock

Casar é um sonho comum a muitos homens e mulheres. Mas a verdade é que quando o pedido é feito e, por mais que seja respondido com o “sim” mais emocionado do mundo, é normal não saber qual o passo seguinte. Por onde começar a organização de casamento? O que fazer?

O número de dúvidas que começam a rodar a cabeça dos noivos é grande. Qual será a data? Onde ocorrerá a festa de casamento? Quais pessoas serão convidadas? Como encontrar o vestido de noiva ideal? Parece que a lista não tem fim. Mas não se preocupe. Respire fundo, pegue o papel e a caneta e confira a seguir o passo a passo de como organizar um casamento.

Leia também: 21 costumes incríveis de amor e casamento pelo mundo

Organizar sozinha ou contratar um cerimonialista: o que é melhor?

Existem muitos outros detalhes a serem acertados até o casamento. Vestido, decoração, bolo, carro, flores, músicas... A cabeça chega a rodar. Para ajudar a planejar e colocar tudo isso em ação, você pode contratar um profissional especializado em casamentos. Pode ser um cerimonialista ou um assessor. Você sabia que há diferenças entre eles?

Um cerimonialista é alguém que estará ao seu lado para resolver questões exclusivamente no dia do casamento. É muito bom contratar um cerimonialista para que no seu grande dia você não precise se preocupar com nada.

Já o assessor é o profissional responsável pela fase pré-casamento. Ele irá ajudar você a encontrar o buffet, fotógrafo, maquiador, decoração de casamento e todas as outras coisas. Dessa forma, ambos profissionais são de grande ajuda. É possível contratar os dois serviços separadamente ou optar por apenas um deles. Além disso, é comum encontrar pessoas que fazem os dois serviços.

casal planejando casamento
Se preferir, você pode organizar seu casamento por conta própria. (Imagem: fizks/iStock)

Vale ressaltar que contratar um profissional será mais um gasto para o seu orçamento. Então, sim, contratar um cerimonislista ou assessor vai ajudar muito, mas tenha mente que este será mais um valor a ser desembolsado.

Apesar de ambos os profissionais ajudarem bastante, é totalmente possível organizar um casamento por conta própria. Muitas pessoas optam por isso. Hoje em dia, com a Internet, organizar um casamento se tornou menos complicado.

Existem diversos sites especializados em casamentos que ajudam você com o planejamento. Alguns são pagos, outros são gratuitos, cada um com suas vantagens. Experimente os diferentes sites e suas funcionalidades para ver qual se adequa melhor às suas necessidades. Existem também canais no YouTube, perfis no Instagram, grupos no Facebook e muitas outras ferramentas para ajudar você nesse processo.

Como organizar um casamento, passo a passo

Passo 1: Defina a lista de convidados

Antes de começar a solicitar orçamentos de buffet e salões de festa, é necessário ter uma ideia do número de pessoas que o casal irá convidar. Para isso, faça uma lista de convidados. Não se preocupe, pois esta lista não é definitiva – até a data do casamento, muitas alterações serão feitas.

Leia também: 71% apontam a confiança como principal fator para um casamento feliz

Apesar das alterações, é muito importante que você procure manter o número de convidados igual ou próximo ao da lista inicial. Caso você convide mais pessoas do que o acordado com os fornecedores, duas possibilidades podem acontecer: você ter de pagar a mais pelos convidados que não estavam previstos no contrato, ou causar algum tipo de desconforto aos convidados – seja por falta de espaço, comida, bebida etc.

Neste passo, é importante que ambos os noivos participem ativamente. Você não vai querer se estressar com seu cônjuge porque esqueceu de incluir algum amigo na lista, não é mesmo? Por isso, reserve um momento para que vocês possam definir quem serão as pessoas convidadas para a festa.

Passo 2: Defina o seu orçamento

Praticamente tudo relacionado a casamento nos encanta. Ideias incríveis e criativas não faltam, mas, normalmente, além de incríveis elas são bem caras. Para que não falte nada no seu casamento, é necessário que você defina os itens indispensáveis e o valor estimado. É importante que o valor estimado seja baseado em contatos anteriores com os fornecedores para que você tenha os valores atualizados.

Os itens indispensáveis podem variar de acordo com as necessidades e vontades de cada casal. Para um casal, realizar uma cerimônia na igreja pode ser muito importante, enquanto para outro, o importante é o casamento civil apenas. Com o indispensável garantido, você pode ficar mais tranquila para investir nos itens desejáveis.

Para controlar o orçamento, você pode contar com a ajuda de planilhas ou de sites especializados em casamento que possuem a funcionalidade de controle de gastos.

Passo 3: Verifique a documentação

Noiva assinando certidão de casamento
Atente-se aos documentos necessários para realizar o casamento. (Imagem: Oleksii Yeremieiev/iStock)

Para que o casamento seja possível, são necessários alguns documentos, que variam de acordo com a cerimônia que será realizada. O site Casamento Civil é bem útil. Nele, você pode passar informações sobre o casamento, noivo e noiva e o site indica quais os documentos necessários e como proceder, mas as informações estão restritas ao casamento civil.

Para o casamento religioso, outros documentos são necessários. Normalmente, assim que você marca o casamento, a igreja informa quais documentos irá precisar e como proceder.

Passo 4: Comece a escolher o vestido e o terno

Sem querer desmerecer os futuros maridos, o vestido de noiva é a peça-chave do casamento. Todas sonham em usar um vestido que seja deslumbrante e que deixe todos de queixo caído. O primeiro passo para escolher o vestuário do casamento é a pesquisa. Use a Internet a seu favor e pesquise a maior variedade de ternos e vestidos possíveis. Existem diversas opções, por isso, é bom que você já tenha um determinado estilo em mente. Assim, quando vocês forem até as lojas, a escolha da peça será mais fácil.

Como dito anteriormente, é importante ter um orçamento definido para que as coisas não saiam de controle ou haja decepções. Os trajes, tanto da noiva quanto do noivo, devem estar incluídos nisso. Tendo em mente o quanto pode gastar, comece a pesquisar lojas de traje de casamento. Faça uma lista das lojas que possuam roupas na sua faixa de preço e, em seguida, comece a marcar visitas para experimentar as peças.

Passo 5: Escolha o local do casamento e o estilo

Atualmente, existem muitos estilos de casamento que você pode seguir. É possível optar por uma festa em um castelo, com 500 pessoas, uma cerimônia minimalista no quintal de casa ou algo que esteja no meio desses dois extremos. Defina o estilo do seu casamento fazendo-se as seguintes perguntas:

  • Será ao ar livre ou em local fechado?
  • Será um miniwedding ou uma festa para muitas pessoas?
  • Ele será de dia ou de noite?

Depois de definir esses pontos, você poderá começar a procurar por locais para o grande dia. Faça primeiro uma busca na internet para procurar inspirações. Para não perder nenhuma delas, você pode criar uma pasta em seu computador, no Pinterest ou em sites parecidos. Lembre-se que organização é essencial. Tendo a identidade de seu casamento definida em sua mente, comece a buscar os locais de fato.

Leia também: Casamento entre amigos pode dar certo? Psicanalista explica

Passo 6: Decida se você quer uma festa

Em primeiro lugar, pense bem se você deseja uma festa. Esse é o costume seguido pela maioria das pessoas, mas isso não significa que é a única opção. Existem casais que escolhem pular a cerimônia e partir em uma incrível viagem. Outros escolhem fugir para casar, o elopement wedding. Ou simplesmente casar no civil e usar as economias para comprar o tão sonhado imóvel.

O fato é que festas de casamento podem ser caras e estressantes. O que devia ser um dia para entrar na história, vira uma lembrança amarga. Já imaginou passar meses e meses planejando uma festa para, no fim, perceber que não era isso que você queria? O casamento é um acontecimento único e nada relativo a ele deve ser feito sem bastante reflexão. Assim, sente-se com seu parceiro ou sua parceira, explore as opções e, só então, decida se farão uma festa ou não.

Passo 7: Defina a data do casamento

O "quando" é uma questão muito importante. Antes de contratar buffet, fotógrafo e outros é preciso definir qual será a data do grande dia. Existem duas linhas a seguir, uma mais emocional e outra mais racional. As pessoas que escolhem a primeira, normalmente, casam-se no dia em que comemoram o aniversário de namoro ou em outra data memorável como essa.

Já os que seguem a linha mais racional, pensam mais na praticidade das coisas. Por exemplo: o sábado é o dia mais escolhidos para festas de casamento, por isso, os locais de evento cobram mais caro. Por isso, talvez você queria considerar casar em uma sexta-feira ou outro dia de semana. Somado a isso, é preciso pensar nos convidados. Você tem amigos e familiares que moram longe? Eles poderão viajar para comparecer ao evento em qualquer época do ano? Todas essas questões devem ser levadas em consideração ao escolher a data.

Passo 8: Faça a lista de presente

Alguns noivos não definem uma lista de presentes e, assim, no grande dia, ganhando itens repetidos e coisas que não precisavam ou desejavam. Para evitar essa dor de cabeça e uma viagem até a loja para trocar os presentes, defina uma lista. Além disso, a variedade de presentes é muito grande. Então, fazer uma lista ajudará também os convidados, que já saberão o que podem dar aos noivos.

Você pode fazer uma lista de casamento em sua loja favorita e informar isso no convite de casamento. Graças À tecnologia, essa tarefa se tornou ainda mais fácil. Você pode escolher uma loja on-line em vez de uma loja física. O que torna as coisas mais práticas para os noivos e para os convidados.

Para escolher os itens que entrarão nela, pense em eletrodomésticos, utensílios de cozinha, móveis e itens de casa, como cama, mesa e banho que ainda não foram comprados. Liste todos os itens que vocês precisam em sua casa.

Passo 9: Contrate os fornecedores do casamento e da festa

Tendo o estilo definido, é hora de pesquisar valores de fornecedores. Como você já deve imaginar, casar não é barato, portanto o quanto antes você começar a pagar os itens mais caros, como casa de festas, buffet e igreja, melhor.

Leia também: Como fazer o discurso de casamento perfeito: 15 dicas!

Meios para encontrar fornecedores não faltam: revistas, feiras de casamento, sites de casamento e as boas e velhas indicações. O importante é você procurar conhecer bem o trabalho dos fornecedores – seja por busca na Internet e redes sociais – e tirar todas as dúvidas possíveis antes do casamento, para não ter decepções depois.

Não se esqueça – nem tenha vergonha – de tentar negociar valores e cortesias com os fornecedores. Esta é uma atitude perfeitamente normal e você pode conseguir ótimos descontos!

Se achar que deve, apresente os orçamentos dos concorrentes. Isso é bom para a empresa, que tem uma melhor noção dos valores cobrados pelo mercado, e bom para você, já que eles podem oferecer descontos e cortesias.

Passo 10: Planeje a lua de mel

casal com malas de viagem no aeroporto
Planejar a lua de mel é muito importante. (Imagem: YakobchukOlena/iStock)

Agora que você já tem a festa devidamente planejada, é hora de ir para a próxima etapa: organizar a lua de mel. Para alguns, a viagem após o casamento é tão sonhada quanto a própria cerimônia. Contudo, o planejamento de uma viagem pode ser tão trabalhoso quanto a organização de um casamento. Para tornar isso mais fácil, siga as seguintes dicas:

Defina um orçamento: é muito bom sonhar com os lugares mais incríveis do mundo, contudo, é importante definir um orçamento para que você saiba para onde pode ir. Não esqueça que vocês ainda precisam lidar com os gastos da festa e, possivelmente, de uma nova moradia.

Pesquise bastante: nunca feche o primeiro pacote de viagens que encontrar. Pesquise bem antes de definir para onde vai. Isso serve tanto para as passagens e hospedagem como para o local em si. Existem muitos lugares maravilhosos ao redor do mundo para conhecer. Por isso, busque o máximo de informações que conseguir antes de definir para onde vocês irão.

Escolha o destino: o local para onde o casal vai deve ser um lugar que agrade aos dois. Por isso, façam uma pesquisa juntos e conversem sobre o que vocês querem. Vocês preferem ir a um lugar sossegado e longe das multidões? Sonham em ir para uma cidade histórica e visitar os pontos turísticos? Ou preferem viver uma aventura e explorar lugares inusitados? Tudo dependerá da personalidade do casal.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close