Você pode usar seu consumo e suas escolhas de compras em benefício de causas que lhe são caras, como o meio ambiente, o comércio local, os negócios éticos, o desenvolvimento internacional e o bem-estar dos animais.

Compre produtos locais e economize.

Em favor do meio ambiente

Compre menos. Se você joga comida fora com frequência, reduza sua lista de compras.

Faça compras perto da sua casa. Usando lojas independentes e serviços das vizinhanças, você reduz o tempo de uso do seu veículo. E ainda apoia a comunidade local.

Turma da Mônica e Corpo Humano

Escolha mercadorias de fornecedores locais. Em geral, esses itens requerem menos serviço de transporte e, por isso, causam menos impacto ao meio ambiente.

Opte por produtos orgânicos, mas discrimine. Culturas de alimentos orgânicos, livres de fertilizantes químicos e pesticidas, proporcionam benefícios preciosos; aos trabalhadores envolvidos em sua produção, aos consumidores e ao meio ambiente onde são cultivadas. No entanto, alimentos orgânicos que chegam ao país do exterior por via aérea podem ter um impacto geral sobre o meio ambiente maior do que os alimentos não orgânicos cultivados localmente.

Veja 8 dicas para comprar com consciência.

Veja também produtos orgânicos

Pense antes de comer. Existem muito mais peixes no mar do que os das espécies mais ameaçadas de extinção. Aventure-se, experimente outras espécies, procure pelo certificado de “aprovação”. Compre atum de marcas que tragam o selo “dolphin safe” (consulte o Ibama), pois isso indica que o atum foi pescado de um modo que não põe em risco a vida dos golfinhos.

Escolha produtos cuja embalagem seja eficiente e fácil de reciclar.

Leve sua sacola de compras com você em vez de acumular um monte de sacos plásticos em casa.

Em favor da ética

Favoreça o Comércio Justo, ou Fairtrade (um movimento social e um tipo de comércio internacional voltado para o estabelecimento de preços justos e padrões sociais e ambientais equilibrados nas cadeias produtivas). O rótulo garante uma negociação melhor para produtores de países em desenvolvimento, enquanto uma porcentagem é investida em projetos de aprimoramento.

– Em primeiro lugar, dê preferência a fabricantes cuja empresa tenha um bom perfil (leia as declarações de sua missão). Não compre daqueles que produzem mercadorias de má qualidade, baratas e descartáveis.

 Além disso, frequente lugares de instituições beneficentes. Doe a esses estabelecimentos roupas e bens que você não quer mais e compre mercadorias que eles vendem. Você irá se surpreender com o que vai encontrar.

Compre em lojas que funcionam no estilo de cooperativa, onde uma grande porcentagem dos lucros é destinada aos próprios funcionários desses estabelecimentos.

Em favor do bem-estar dos animais

– Isto é, opte por carnes, aves e ovos provenientes de animais criados livremente. Desse modo, resista a alternativas mais baratas mas que empregam sistemas de criação intensiva.

– Da mesma forma, evite adquirir cosméticos ou produtos domésticos que tenham sido testados em animais. Procure pelo logotipo Leaping Bunny, reconhecido internacionalmente, pois ele é uma garantia de que esse tipo de teste não foi realizado durante o desenvolvimento do produto.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!