Faça uma busca
|
Publicado em: 4 de junho de 2021

Como cuidar da saúde bucal do seu filho?

A melhor forma de reduzir o risco de doenças comuns dos dentes é manter um alto padrão de higiene bucal desde a infância.

Imagem: Keira Burton/Pexels

Não importa qual é a sua idade: é preciso cuidar bem dos dentes e da boca. Dentes e gengivas bem cuidados podem durar a vida toda e ajudam não apenas a evitar diversos problemas bucais, como também a sorrir com confiança.

Cuidando da saúde bucal dos bebês

Leia também: Dentista compartilha dicas de higiene bucal para quem usa aparelho

O primeiro dente de um bebê costuma surgir entre 5 e 7 meses de idade, embora isso possa variar. Na maioria das vezes os primeiros a surgir são os dois dentes centrais inferiores. O processo de crescimento e irrupção dos dentes através da gengiva é chamado de dentição.

Os dentes do bebê devem ser limpos logo que irromperem; pode-se usar uma escova de dente bem pequena, macia e com um único tufo ou apenas um pedaço de gaze umedecida aplicada com o dedo, e um pouco de creme dental especial para bebês, com baixa concentração de flúor.

Cuidando da saúde bucal de crianças

É importante que as crianças se acostumem a cuidar dos dentes desde cedo. (Imagem: Ketut Subiyanto/Pexels)

As crianças devem ser levadas ao dentista na primeira oportunidade, em geral após os 2 anos. Inicialmente, elas podem ir ao consultório durante a consulta do pai ou da mãe, para se acostumarem ao ambiente, ao dentista e à ideia de que é importante cuidar dos dentes e da gengiva. É possível dar início ao tratamento dentário com procedimentos simples, como o polimento dos dentes.

Até completarem 16 anos, as crianças devem ser acompanhadas pelo pai, a mãe ou um parente próximo, que poderá autorizar qualquer tratamento.

Crianças em idade pré-escolar

Como as crianças só desenvolvem as habilidades motoras finas necessárias ao uso adequado da escova de dentes por volta dos 7 anos, a escovação deve ser supervisionada. Uma técnica é ficar atrás da criança e segurar sua mão enquanto ela escova os dentes; outra opção é fazer uma escovação “suplementar”, depois que a criança terminar. Elas devem ser encorajadas a escovar os dentes pelo menos duas vezes ao dia, uma pela manhã e outra à noite, usando uma quantidade de creme dental infantil correspondente ao tamanho de uma ervilha.

A escovação do dente

crianças escovando os dentes juntas
Até aproximadamente os 7 anos, a escovação dos pequenos deve ser supervisionada. (Imagem: cottonbro/Pexels)

A escovação dos dentes é a principal técnica para manter a saúde dentária em ordem. A incidência de doença gengival grave costuma ser menor em quem escova os dentes com mais frequência.

A associação entre escovação dos dentes e cáries, entretanto, não é direta, pois vários outros fatores também exercem influência sobre o surgimento ou não de cáries, como a alimentação e a exposição ao flúor. A qualidade da escovação é igualmente essencial.

A maioria das pessoas escova os dentes apenas para obter a “sensação de boca limpa”, mas isso nem sempre é suficiente para garantir a saúde dos dentes e da gengiva. Mas calma, abaixo nós explicamos como você pode ter os dois.

Como escolher a escova de dentes?

Existem muitos tipos e modelos diferentes de escova de dente, embora todas possam ser agrupadas em duas categorias amplas: manual e elétrica.

Na categoria manual, a maioria dos dentistas recomenda um modelo de cabeça pequena e múltiplos tufos, com textura macia ou média das cerdas de náilon. A cabeça pequena facilita a escovação nas áreas de difícil acesso.

A maior parte das escovas elétricas tem cabeça redonda e pequena que gira ou oscila quando acionada. Embora o tamanho da cabeça facilite a limpeza entre os dentes, algumas pessoas talvez demorem a se acostumar com a vibração, e outras podem rejeitá-la.

Quando trocar a escova de dente e qual a frequência de escovação?

É importante trocar a escova ou a cabeça antes do desgaste das cerdas. Escovas velhas são ineficazes e podem abrigar bactérias.

Leia também: 6 maneiras de aliviar a sensibilidade nos dentes

Escovar os dentes duas vezes ao dia é razoável, embora seja melhor uma escovação completa para remoção da placa bacteriana – cerca de quatro a cinco minutos por dia – seguida por mais duas sessões de escovação, mais simples, para “refrescar o hálito”.

A limpeza completa pode ser feita no momento mais conveniente. No entanto, o ideal é que a escovação seja feita sempre após cada refeição.

Como escovar os dentes?

Para garantir a escovação eficaz dos dentes, deve-se usar a técnica recomendada pelo seu dentista.

  • Com a escova manual

Uma das melhores consiste em segurar as cerdas em um ângulo aproximado de 45º em relação ao dente, voltadas para o espaço entre o dente e a gengiva.

Movimente a escova para trás e para a frente ou gire-a em um movimento circular, usando pressão firme, mas delicada – não esfregue os dentes e a gengiva.

Um movimento final de afastamento da cabeça da escova do dente e da gengiva assegura a remoção da placa bacteriana.

  • Com a escova elétrica

Com a escova elétrica, basta ligá-la, colocar a cabeça sobre a superfície do dente e, depois, movê-la devagar na boca, sem fazer os movimentos para trás e para a frente, os rotatórios ou de esfregação empregados na escovação manual. Lembre-se de ser delicado – a cabeça da escova elétrica faz o trabalho por você.

5 dicas para ter a escovação perfeita

Você sempre deve perguntar ao dentista se a escovação dos dentes do seu filho está sendo eficaz, mas, enquanto isso, as dicas a seguir são bem úteis.

  • Escolha uma escova de dente média ou macia, com cabeça pequena.
  • Siga uma rotina de escovação, começando sempre no mesmo lugar e avançando por toda a boca para limpar a superfície de todos os dentes.
  • Não deixe a superfície interna dos dentes posteriores inferiores por último. Como são mais difíceis de limpar, essas áreas merecem atenção especial no início da escovação.
  • Não se esqueça de escovar as superfícies superiores dos dentes posteriores – os molares e pré-molares.
  • Pergunte ao dentista ou à companhia fornecedora de água sobre o nível de flúor na água e use um creme dental com flúor, se o dentista recomendar.

Passo a passo de como escovar os dentes

criança escovando os dentes em frente ao espelho
Escovar os dentes corretamente é a principal forma de evitar problemas bucais. (Imagem: Kindel Media/Pexels)

Bons hábitos de escovação desde a infância ajudam a preservar a saúde dos dentes e da gengiva até a idade avançada. O uso do fio dental garante a remoção de placas de todas as superfícies do dente e, embora exija alguma prática e muitas pessoas tenham dificuldade em se acostumar a ele, é importante nos cuidados diários com os dentes e a gengiva. Veja agora o passo a passo de como escovar os dentes corretamente:

Passo 1: Escove os dentes pelo menos duas vezes ao dia, usando pasta com flúor e uma escova de cerdas macias ou médias. Cerdas duras causam abrasão da superfície do dente e traumatismo da gengiva, portanto evite-as.

Passo 2: Segure a escova formando um ângulo de 45º com os dentes. Faça movimentos curtos com a escova, para a frente e para trás, sobre cada dente. Depois repita na face interna dos dentes e nas superfícies de mastigação.

Passo 3: Enrole o fio dental nos dois dedos médios e segure a parte central do fio com o polegar de uma das mãos e o indicador da outra para controlá-lo.

Passo 4: Em seguida, introduza cuidadosamente o fio entre dois dentes. Mova-o para cima e para baixo contra a superfície de um dente e depois do outro até que as duas estejam limpas.

Passo 5: Use um enxaguante bucal.

Agora que você já sabe como cuidar da saúde bucal do seu filho, veja também como ensinar a ele a importância de escovar os dentes.

fechar

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close