Faça uma busca
|
Publicado em: 28 de agosto de 2021

Vitaminas e minerais importantes para combater a tristeza

A falta de algumas vitaminas e minerais pode causar depressão

Imagem: Ridofranz/iStock

Os alimentos que você come afetam sua saúde mental e seu bem-estar físico. Uma má alimentação pode ser uma das causas da tristeza profunda, oscilações de humor e, até mesmo, depressão. Por outro lado, uma alimentação saudável pode ser o bastante para melhorar seu estado de espírito, sem a necessidade de medicamentos e consultas ao médico.

Ninguém é feliz o tempo todo e é natural o fato de nos sentirmos "para baixo" de vez em quando. Mas a depressão e outros distúrbios do humor são mais que apenas um episódio de tristeza. Se você apresenta sensações incontroláveis e persistentes de desesperança, pessimismo, tristeza profunda e perda de interesse geral na vida, pode haver um motivo real para preocupação. Essas sensações podem afetar sua alimentação e seu sono, sua autoestima e até a capacidade de aproveitar a vida. Os casos mais sérios de depressão requerem a ajuda de um médico.

A alimentação pode não ser a solução completa, mas há evidências de que ela influencia o equilíbrio do bem-estar físico e mental. Hoje, muitos especialistas acreditam que drogas e medicamentos não sejam sempre a solução para uma depressão leve e, que, em muitos casos, um enfoque positivo de autotratamento possa ser benéfico.

Restabelecendo o equilíbrio

A depressão está muito associada aos alimentos que você come. As pessoas deprimidas com frequência perdem o apetite, sentem-se desmotivadas demais para cozinhar e enchem-se de comidas sem nutrientes, as chamadas junk foods. Um círculo vicioso é desenvolvido: hábitos alimentares incorretos levam a deficiências nutricionais que, por sua vez, aumentam os sintomas da depressão. Os médicos descobriram que muitas pessoas propensas à depressão também carecem de nutrientes específicos.

Leia também: Tipos de depressão: conheça as variações da doença e suas causas

Comer alimentos ricos nesses nutrientes que faltam, juntamente com mudanças no estilo de vida e exercícios regulares, pode produzir melhoras significativas em pessoas que sofrem de depressão do nível leve ao moderado. Em alguns casos, os melhores resultados foram alcançados dessa forma e não com o uso de antidepressivos comuns.

Vitaminas e minerais importantes para combater a tristeza

Se você estiver deprimido, sua prioridade deve ser seguir uma alimentação balanceada. Você também deve aumentar a quantidade dos seguintes nutrientes, que estão ligados à depressão:

Vitaminas do complexo B

Pessoas deprimidas tendem a apresentar níveis baixos de vitamina B6, que é necessária para a produção de serotonina, a substância química cerebral responsável por melhorar o humor. Níveis baixos das vitaminas B12, B2 (riboflavina) e ácido fólico também podem resultar em depressão. Para aumentar seus níveis de vitaminas do complexo B, coma carne magra, aves, peixes, ovos, nozes, grãos de soja, bananas, laticínios com baixo teor de gordura, cereais enriquecidos e vegetais folhosos.

Vitamina C

Esta vitamina também é reduzida em pessoas que sofrem de depressão. Coma muitas frutas, legumes e verduras crus e frescos: frutas cítricas, morangos, goiabas, kiwis e pimentões são ótimas fontes de vitamina C.

Ferro

Uma deficiência de ferro pode levar à depressão. O ferro também é essencial na produção da serotonina. As mulheres que fazem uso de pílulas anticoncepcionais vão estar mais propensas à depressão se seus níveis de ferro estiverem baixos.

alimentos ricos em ferro que podem combater a tristeza
Estes são alguns dos alimentos ricos em ferro. (Imagem: LumenSt/iStock)

Os alimentos ricos em ferro incluem carne vermelha, gema de ovo, fígado, feijão, grão-de-bico, cereais integrais, nozes, grãos e vegetais folhosos. Mas se estiver grávida ou tentando engravidar, não é aconselhável comer fígado.

Selênio

As pessoas que têm deficiência do mineral antioxidante selênio também podem experimentar sensações de depressão e ansiedade. O selênio é encontrado na carne, em peixes, crustáceos, grãos integrais, abacates e laticínios.

Zinco

O zinco é essencial para que o corpo transforme o triptofano em serotonina. O zinco é encontrado em ostras, carne vermelha, aves, ovos, laticínios, amendoins e sementes de girassol.

Magnésio e manganês

Outros minerais que ajudam o corpo a lutar contra a depressão são o magnésio e o manganês. Eles podem ser encontrados em cereais integrais, grãos, figos secos, legumes e verduras, nozes e sementes.

Ácidos graxos ômega 3

A pesquisa ainda está nos estágios iniciais, mas a depressão tem sido ligada também à deficiência de ômega 3. Os cientistas sugerem que esses ácidos graxos possam ser capazes de eliminar sinais responsáveis pelas mudanças repentinas de humor. Os óleos de ômega 3 podem oferecer novas possibilidades para o tratamento de maníacos depressivos. Os peixes gordurosos como salmão, arenque, cavalinha, atum e sardinha são as fontes mais ricas de ácidos graxos ômega 3.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close