Faça uma busca
|
Publicado em: 24 de março de 2020

6 conselhos preciosos para quem está com anorexia

A anorexia é um distúrbio alimentar que assola muitas pessoas no Brasil, sobretudo os mais jovens.

Imagem: KatarzynaBialasiewicz/Istock

O maior empecilho para uma pessoa com anorexia é superar o medo anormal de comida e a autoimagem distorcida. Se você, ou um amigo, está enfrentando esse distúrbio alimentar, antes de tudo é preciso procurar ajuda. Isso não é sinal de fraqueza. Muito pelo contrário! Isso representa resiliência e determinação. Afinal de contas, sua vida é preciosa e vale a pena ser vivida.

Além disso, há outras dicas que você pode seguir que vão tornar esse processo um pouco mais fácil... Saiba aqui o que você pode fazer para se ajudar ou auxiliar a quem precisa de ajuda.

1 . Afaste-se de pessoas e ambientes tóxicos

Reconhecido seu problema com a anorexia, é importante se cercar de pessoas que te estimulem a se livrar desse distúrbio alimentar. Por isso, evite fóruns e grupos que estimulem a prática da anorexia. Psicólogos acreditam que nós somos a média das 5 pessoas com quem mais convivemos... Cabe a reflexão: você tem se cercado de pessoas que te botam para cima ou para baixo?

2 . Aumente o consumo alimentar aos poucos

O ideal é começar com porções pequenas de alimentos nutritivos e de fácil digestão. No começo vai ser difícil, mas não desista! O tamanho das porções e a variedade de alimentos vão gradualmente aumentando até se atingir um ganho de peso estável. 

3 . Reponha as perdas nutricionais

Consulte um nutricionista e peça que ele te ajude com uma alimentação balanceada e variada. Seu plano alimentar deve fornecer proteína suficiente para repor a massa magra perdida, carboidratos complexos para garantir as necessidades energéticas e gordura em quantidade moderada para fornecer calorias extras.

Boas opções incluem ovos, leite e derivados, carnes, aves e cereais integrais. Também são recomendados suplementos de cálcio e multivitamínicos.

Leia também: 10 maneiras de fazer as vitaminas funcionarem melhor

4 . Monitore o consumo alimentar

Recaídas são comuns, e pode ser preciso fazer uma supervisão atenta para se garantir uma ingestão adequada de alimentos. Uma boa ideia pode ser pedir ajuda de um amigo ou familiar, de modo que eles te incentivem a se alimentar. Mas atenção! Evite transformar a comida em fonte constante de atenção e atrito. Pense nela como um substrato necessário para você viver sua vida com mais potência. 

Dica rápida: Pingue na língua uma gota de limão antes de comer. Alimentos azedos aumentam o fluxo de saliva, e esse truque ajuda a estimular o apetite.

5 . Busque ajuda

A dica mais importante e valiosa. Procure ajuda. Psicoterapia – como terapia cognitiva comportamental, de grupo ou de família – pode ajudar. Além disso, frequente grupos de apoio, que também são úteis no tratamento. Como já dissemos lá em cima, cercar-se de pessoas que estão passando pelo mesmo problema pode ser a motivação que te falta para superá-lo. 

6 . Considere uso de medicação

O médico pode prescrever antidepressivos, antipsicóticos e estabilizadores do humor como parte do programa terapêutico. Se esse for o caso, considere tomá-los. Além disso, procure fazer exercícios físicos. Os exercícios liberam endorfina e serotonina. Porém, não exagere nas atividades físicas: a ortorexia é igualmente perigosa!

Essas dicas foram úteis para você? Então compartilhe com seus amigos. Vamos ajudar quem precisa, dando força e motivação para quem se encontra em estado de anorexia. 

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close