Só quem sofre com dor de cabeça sabe como ela atrapalha nas tarefas mais simples do dia a dia. Aquele incômodo das têmporas latejando consegue tirar qualquer um do sério. Nessas horas parece não haver outra solução senão recorrer aos analgésicos de venda livre. E é por causa dessa “evolução certa da dor” que muitas pessoas nem esperam a dor se instalar e já apelam para os remédios.

Dor de cabeça pode ser desidratação

Nosso corpo fala por meio de nossos sintomas. Por isso, entender o por quê da existência da dor de cabeça também é muito importante. Sobretudo no verão, período de temperaturas mais elevadas, é importante ficar atento na ingestão correta de água.

Por causa do calor, perdemos mais água para a transpiração. Com isso, se não repormos a água perdida continuamente, podemos sentir dor de cabeça – sintoma da desidratação do corpo.

A recomendação de ingestão de água pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é de dois litros diários para um adulto. Já para as crianças, recomenda-se um pouco menos: de quatro a seis copos ao dia.

Além da incômoda dor de cabeça, a desidratação também provoca grandes perdas de sais minerais. Apesar de muitas pessoas acreditarem que a água que ingerimos vem pura, na verdade ela é composta por sais minerais. Sódio, potássio, cálcio, ferro, entre outros elementos presentes na água são importantes para a nutrição das células do nosso corpo. Confira aqui 3 sucos de frutas ideais para se hidratar no verão!

Ainda restam muitos dias de verão pela frente… Por isso, para evitar a desidratação, o recomendado é não deixar de beber água, sucos de fruta naturais e água de coco. Porém, se você for o tipo de pessoa que esquece de se hidratar durante o dia, vale a pena reservar um espacinho da memória do seu celular para instalar um aplicativo que avise. Como esse aqui.

6 truques para aliviar a dor de cabeça assim que ela começa: