Casar é um sonho comum a muitos homens e mulheres. Mas a verdade é que quando o pedido é feito e, por mais que seja respondido com o “sim” mais emocionado do mundo, é normal não saber qual o passo seguinte. Por onde começar a organizar? O que fazer?

O pedido de casamento foi feito. Por onde começar?

Agora que o pedido foi feito, você pode começar a concretizar seus sonhos de se casar. Se necessário, faça pesquisas em sites especializados em casamentos. Defina o estilo do seu casamento fazendo-se as seguintes perguntas:

  • Será ao ar livre ou em local fechado?
  • Será um miniwedding ou uma festa para muitas pessoas? Quantas pessoas aproximadamente?
  • Ele será de dia ou de noite?

Lista de convidados

Tendo o estilo definido, é hora de pesquisar valores de fornecedores. Como você já deve imaginar, casar não é barato, portanto, quanto antes você começar a pagar os itens mais caros, como casa de festas, buffet e igreja, melhor.

Para começar a solicitar orçamentos, no entanto, é necessário ter uma ideia do número de pessoas que serão convidadas. Para isso, faça uma lista de convidados. Não se preocupe, pois esta lista não é definitiva – até a data do casamento, muitas alterações serão feitas.

Apesar das alterações, é muito importante que você procure manter o número de convidados igual ou próximo ao da lista inicial. Caso você convide mais pessoas do que o acordado com os fornecedores, duas possibilidades podem acontecer: você ter de pagar a mais pelos convidados que não estavam previstos no contrato, ou causar algum tipo de desconforto aos convidados – seja por falta de espaço, comida, bebida, etc.

Orçamento

Praticamente tudo relacionado a casamento nos encanta. Ideias incríveis e criativas não faltam, mas, normalmente, além de incríveis elas são bem caras. Para que não falte nada no seu casamento, é necessário que você defina os itens indispensáveis e o valor estimado. É importante que o valor estimado seja baseado em contatos anteriores com os fornecedores para que você tenha os valores atualizados.

Os itens indispensáveis podem variar de acordo com as necessidades e vontades de cada casal. Para um casal, realizar uma cerimônia na igreja pode ser muito importante, enquanto para outro, o importante é o casamento civil apenas. Com o indispensável garantido, você pode ficar mais tranquila para investir nos itens desejáveis.

Para controlar o orçamento, você pode contar com a ajuda de planilhas, ou de sites especializados em casamento que possuem a funcionalidade de controle de gastos.

Fornecedores

Meios para encontrar fornecedores não faltam: revistas, feiras de casamento, sites de casamento e as boas e velhas indicações. O importante é você procurar conhecer bem o trabalho dos fornecedores – seja por busca na internet e redes sociais – e tirar todas as dúvidas possíveis antes do casamento, para não ter decepções depois.

Não se esqueça – nem tenha vergonha – de tentar negociar valores e cortesias com os fornecedores. Esta é uma atitude perfeitamente normal e você pode conseguir ótimos descontos! Se achar que deve, apresente os orçamentos dos concorrentes. Isso é bom para empresa, que tem uma melhor noção dos valores cobrados pelo mercado, e bom para você, já que eles podem oferecer descontos e cortesias para você.

Documentos necessários

Para que o casamento seja possível, são necessários alguns documentos, que variam de acordo com a cerimônia que será realizada. O site Casamento Civil é bem útil. Nele você pode passar informações sobre o casamento, noivo e noiva e o site lhe indica quais os documentos necessários e como proceder, mas as informações estão restritas ao casamento civil.

Para o casamento religioso, outros documentos são necessários. Normalmente, assim que você marca o casamento, a igreja informa os documentos necessários e como proceder.

E depois?

Claro que existem muitos outros detalhes a serem acertados até o casamento. Vestido, decoração, bolo, carro, flores, músicas… Cada item tem uma época ideal para ser decidido. Para ter uma ideia da época certa para fechar cada item desta lista enorme de coisas a fazer, existem diversos sites especializados em casamentos que planejam uma agenda para você. Alguns são pagos, outros são gratuitos, cada um com suas vantagens. O importante é você experimentar os diferentes sites e suas funcionalidades para ver qual se adequa melhor a suas necessidades.

Confira também: Casamento tradicional ou união estável? Dá no mesmo?