Faça uma busca
|
Publicado em: 15 de dezembro de 2021

Cortina de trilho ou cortina de varão? Descubra qual a melhor opção

Além de úteis, as cortinas são importantes itens na decoração

Imagem: tashka2000/iStock

Uma cortina escolhida e instalada com cuidado pode ajudar a disfarçar uma vista desagradável, garantir sombra e privacidade e incrementar a decoração. No entanto, na hora de escolher o tipo bate aquela dúvida: cortina de trilho ou cortina de varão, qual é a melhor opção?

Leia também: Cortina ou persiana: qual é a melhor opção para a sua casa?

Para responder essa dúvida que muitas pessoas têm, reunimos os prós e contras de ambos os tipos de cortina. Além disso, confira a seguir um passo a passo de como instalar varões e trilhos para cortina e dicas de como pendurar cortinas.

Modelos de cortina

Varão

O varão é aquilo que manterá a cortina pendurada na parede. Ele pode ser feito de diversos materiais: madeira, alumínio, ferro etc. Da mesma forma, as cores também podem ser escolhidas de acordo com sua preferência. O tipo mais comum funciona por meio de argolas, que prendem a cortina ao varão.

Trilho suíço

O trilho suíço — também chamado de “trilho suisso” — é uma espécie de varão. Ele funciona por meio de deslizantes e roldanas em vez de argolas. Assim, o efeito é uma cortina que pode ser aberta e fechada de modo silencioso e sutil. Para essa movimentação, geralmente, é usado o sistema de cordas. Além disso, normalmente, esse tipo é usado para cortinas que vão até o teto.

Persianas

As persianas são cortinas formadas por lâminas em vez de tecido. Elas podem ser de plástico, madeira ou metal. A abertura e fechamento dessas lâminas é, geralmente, controlado por um sistema de cordas. Devido a isso, persianas facilitam o controle de entrada de luz. Saiba mais sobre persianas e descubra qual o melhor tipo de persiana para a sua casa.

Varão ou trilhos: os prós e contras de cada escolha

De modo geral, ambas possuem a finalidade. Porém, cortinas de trilhos e de varão têm visuais e estilos muito diferentes. Enquanto os varões ficam aparentes e às vezes têm uma função decorativa, os trilhos foram criados para serem praticamente invisíveis. Veja os prós e contras de cada um deles.

Cortina de varão

close up de cortina de varão
Este tipo de cortina é prático e fácil de instalar. (Imagem: JacquesPALUT/iStock)

Decorativos: Feitos em geral de madeira, metal ou plástico, os varões de cortina ficam expostos e muitas vezes complementam a cortina para compor a decoração. Nas duas extremidades, ponteiras decorativas impedem que a cortina escorregue para fora.

Para vãos curtos: Os varões são a solução ideal para distâncias menores, como o recuo de um cômodo, uma janela única ou uma sequência curta e reta de janelas. Varões mais compridos precisam de suportes extras, e eles podem atrapalhar a abertura e o fechamento da cortina.

Eles devem ficar bem altos: Quase sempre existe um espaço entre o varão e a parte superior da cortina, e pode ser que isso deixe passar um pouco de luz natural indesejada. Para evitar esse problema, procure instalar os suportes de modo que o varão fique bem mais alto do que a parte superior da janela. 

Para janelas em curva: Janelas salientes ou em curva podem ter cortinas de varão. Basta que você escolha um modelo metálico que seja moldado no formato necessário ou que instale diversos varões retos interligados por conectores em curva. 

De acordo com o peso: Para cortinas leves ou instaladas em vãos bem curtos, varões com até 2,5 cm de diâmetro dão conta do recado. Cortinas de tecido pesado ou instaladas em distâncias maiores precisarão de varões com diâmetro maior. 

Cortina de trilhos

cortina de trilhos
Cortinas de trilho dão um toque especial à decoração. (Imagem: Valeriy_G/iStock)

Discretos: Projetados para ficarem disfarçadamente inseridos em nichos na parede ou escondidos pela própria cortina ou por um bandô de tecido, discrição é a palavra de ordem quando o assunto são trilhos de cortina. Podem ser encontrados em PVC ou metal. 

Em curva: A maior parte dos trilhos de PVC pode ser dobrada para facilitar a instalação em janelas salientes ou outros locais com formato incomum. Lembre-se: é mais fácil fazer a cortina correr por curvas suaves do que por uma dobra mais abrupta. 

Verifique a capacidade suportada: O trilho precisa ser forte o suficiente para sustentar o peso do tecido da cortina. Lembre sempre de verificar a indicação de capacidade máxima na embalagem do produto ou cheque com o vendedor antes da compra. 

Com ou sem cordão: Cortinas de trilho com cordões são abertas e fechadas por um sistema de polias. São úteis em janelas muito altas ou cortinas de tecido muito pesado. Esse sistema também é o ideal para cortinas feitas de tecidos muito delicados. Nas versões sem cordão, a cortina é simplesmente aberta e fechada com as mãos. 

Acerte a medida: É bom comprar um trilho extensível caso você tenha a intenção de fazer a instalação por conta própria. Como o próprio nome indica, esse tipo de trilho tem partes móveis que permitem aumentar ou diminuir sua extensão para adaptá-lo.

Como instalar varões e trilhos para cortina

Quando for escolher o varão ou trilho para uma cortina, leve em consideração o formato e tamanho da sua janela, além do peso do tecido da cortina. Tendo feito isso, você mesmo pode instalar o varão ou trilho. Confira o passo a passo a seguir.

Leia também: Os 6 piores erros na decoração do quarto de casal

Passo 1 - Tire a medida e corte

Meça o vão da janela e adicione a folga de sobreposição desejada em cada extremidade (entre 15 cm e 45 cm de cada lado). Se possível, compre um varão ou trilho na medida exata. Caso não encontre, escolha um produto um pouco maior e corte com o arco de serra.

Passo 2 - Determine a altura

Segure o primeiro suporte (ou a placa fixadora dele) contra a parede acima da janela, na altura desejada. No caso das cortinas de varão, o mais comum é que os suportes fiquem 7,5 cm acima da extremidade superior da moldura da janela. Para os trilhos, a distância usual é de 2,5 cm acima. Use o lápis para marcar a posição dos furos.

Passo 3 - Posicione os suportes

Agora, faça o mesmo com outro suporte na extremidade oposta da janela, usando o nível para garantir o alinhamento. Se o varão tiver mais que 1,5 m, marque a posição para um suporte extra na parte central. No caso do trilho, marque os pontos de todos os outros suportes ao longo do vão, deixando intervalos de 15 cm entre eles.

Passo 4 - Fixe os suportes

Usando uma furadeira com broca para madeira ou alvenaria, fure todos os pontos de fixação dos suportes anteriormente marcados. Use uma bucha para cada furo; em seguida, aparafuse todas as placas de fixação e/ou os suportes no lugar.

Passo 5 - Pendure a cortina

Encaixe a ponteira em uma das extremidades do varão. Insira as argolas (deve haver uma para cada gancho da cortina) e depois encaixe a outra ponteira. Encaixe o varão ou o trilho nos suportes, centralizando-o em relação à janela. Se necessário, firme o varão ou o trilho nos suportes usando os fixadores fornecidos na embalagem.

Como pendurar cortinas

sala iluminada
As cortinas de trilho ficam lindas em salas grandes. (Imagem: in4mal/iStock)

Verifique o peso

Escolha trilhos capazes de suportar o peso da sua cortina. Para saber o peso certo dela, primeiro suba sozinho numa balança, depois volte a subir segurando a cortina. A diferença entre a segunda e a primeira pesagem é o peso da peça. Compare esse número à indicação de carga máxima na embalagem do trilho quando for comprá-lo.

Instalação sem ajuda 

Se não tiver ajuda no momento da instalação de uma cortina de varão, use fita adesiva para prender os suportes no local desejado. Isso deixará suas mãos livres para marcar os locais dos furos, operar a furadeira e prender os parafusos no lugar.

Use parafusos com buchas 

Se os trilhos da sua cortina forem presos diretamente na alvenaria, você precisará usar parafusos com buchas para fixar os suportes. Para fixação na madeira, os parafusos simples sozinhos dão conta do recado.

Escolha os parafusos

Suportes de cortina presos em molduras metálicas ou de PVC podem ser fixados com parafusos autoatarraxantes ou com buchas número 8 e parafusos de 38 mm. Mas atenção: algumas molduras revestidas de PVC ou metal são, na verdade, de composição mista, com o corpo interno de madeira. Se a sua moldura for mista, parafusos comuns garantem uma boa fixação. Se não tiver certeza, faça um furinho numa parte escondida da moldura e observe se sai serragem dele.

Apare o trilho 

Depois que tiver instalado os suportes, meça o vão entre eles para saber a medida que o trilho deverá ter. Corte com um arco de serra pequeno e use uma lixa fina para aplainar as extremidades, ou elas poderão desfiar o tecido da cortina.

Esqueça os modelos com alças prontas

Cortinas com alças prontas não vão passar por cima dos suportes dos varões. Para poder puxar para os lados as abas de uma cortina assim, você terá que instalar apenas um suporte em cada extremidade e mais um na parte central. Varões com mais de 2 m de extensão precisam de mais do que três suportes – se a janela for muito ampla, não escolha uma cortina que tenha alças prontas.

Instalação em vigas de concreto

Leia também: Dicas para recuperar a cortina caída e deixá-la nova

Se houver uma viga de concreto acima da abertura da janela, isso pode complicar a instalação da cortina. Uma solução é fixar uma tábua no concreto e prender o trilho da cortina nessa tábua. Primeiro, faça os furos no concreto, insira as buchas e aparafuse a tábua de apoio no lugar. Depois, prenda os suportes do trilho da cortina diretamente na tábua.

Substitua as buchas velhas

Antes de reinstalar um trilho de cortina, verifique o estado da fixação antiga. Buchas gastas ou rachadas precisarão ser substituídas. Para removê-las, atarraxe um parafuso só até o começo da rosca; depois use um alicate para puxar o conjunto todo da parede.

Parafusos invisíveis

Os conjuntos mais novos de varão para cortina geralmente vêm com parafusos da mesma cor dos suportes. Se o produto que você comprou não for assim ou caso esteja reutilizando parafusos antigos, consiga o mesmo efeito “invisível” da seguinte forma: se o suporte for branco, cubra a cabeça prateada dos parafusos com uma gota de corretor líquido; se for preto, use um marcador permanente da mesma cor.

Suportes feitos em casa

Os suportes de varão de cortina fixados acima da janela ganham uma função decorativa, mas, nos fixados na parte interna da moldura, a aparência não importa. Se quiser economizar, faça seu próprio suporte usando alguns pedaços de madeira, uma serra circular e parafusos. Corte um encaixe simples usando a serra circular (como na imagem); depois é só aparafusar os suportes no lugar e encaixar o varão. Para evitar que ele saia acidentalmente do lugar, aparafuse uma plaquinha removível de metal sobre a abertura.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close