Os brechós estão cada vez mais em alta. Seja pela a economia ou pela sustentabilidade, esse tipo de comércio tem atraído cada vez mais compradores em busca de mudar o seu estilo de vida e consumo. Se você faz parte desse grupo ou quer inserir os brechós e feiras de antiguidade de produtos usados sua vida, confira nossas dicas para encontrar os melhores preços.

1. Não tenha vergonha de barganhar

Sempre tente negociar se achar que o preço não é justo ou está fora de sua realidade. Muitos vendedores colocam um preço até 50% mais alto do que o valor que gostariam de receber — já prevendo que o cliente vai pedir um desconto.

Barganhar é uma verdadeira arte e, se você tiver uma boa conversa, pode garantir descontos de até 80% do preço inicial. Para conseguir o melhor preço, siga estas dicas:

  • Aparente estar de fato precisando de uma oferta;
  • Comece com uma oferta baixa;
  • Se os vendedores não cederem, comece a se afastar. Talvez eles mudem de ideia para não perder a venda.
  • Procure por defeitos nas peças e use isso a seu favor para tentar reduzir o preço.

2. Vá aos brechós bem equipado

Encontrar boas ofertas em brechós e lojas de artigos usados em geral depende da sua rapidez — para que você ache os bons itens antes que outros compradores os encontrem — e de um olhar perspicaz que detecta peças de qualidade em meio a quinquilharias.

Por isso, equipe-se com as seguintes armas para mover-se rápido e atacar quando encontrar uma grande oferta:

Notas de baixo valor e moedas

Cartões de débito e crédito não têm utilidade no mundo da venda casual. Assim, evite utilizá-los para não acabar perdendo uma boa oportunidade apenas porque ficou sem dinheiro.

Fita métrica

De cortinas a cadeiras, de espelhos a mantas, você precisa saber se determinados itens vão caber na sua casa antes de comprá-los. Por esse motivo, saiba que tamanhos está procurando antes de ir às compras e meça esses objetos nos brechós e feiras de antiguidades antes de adquiri-los.

Caso esqueça a fita métrica, você pode usar uma nota de dinheiro para aproximar o tamanho. Cada nota mede 14cm.

Troca de peça usada 

Alguns comerciantes aceitam com facilidade a troca de mercadorias, caso acreditem que o item terá boa saída em seu brechó. Desencalhe aquelas roupas que estão tomando espaço em seu guarda-roupa e leve aos brechós para avaliação. Muitas vezes, a troca por outros itens é mais vantajosa do que o valor oferecido em dinheiro.

3. Invista nos artigos rejeitados

Algumas cadeias de lojas de roupas operam lojas de fábricas ou lojas off, onde mercadorias são oferecidas por um preço menor do que você encontraria normalmente. Geralmente, as melhores ofertas são itens com pequenas imperfeições. De forma geral, elas são tão pequenas que se tornam quase invisíveis.

Assim, peça ao vendedor que mostre as peças com defeitos. Depois de escolher o item desejado, pergunte se o defeito vai reduzir significativamente a utilidade ou a vida útil do produto, uma vez que as possibilidades de isso não acontecer são grandes.

brechós-móveis
Além de roupas, é possível encontrar ótimos móveis em brechós e feiras de antiguidades. (Foto: Oralleff/iStock)

No entanto, você deve estar atento a artigos feitos especificamente para essas lojas, que são de qualidade inferior aos de lojas de departamentos. Por isso, inspecione as peças com cuidado e observe a confecção e a qualidade dos materiais.

4. Faça uma incursão pós-natalina a lojas beneficentes 

Lojas beneficentes são excelentes para encontrar roupas ou artigos para casa de segunda mão e artesanatos, com a satisfação adicional de estar contribuindo para uma boa causa. Essas lojas querem sua presença o ano todo — e uma visita de vez em quando é uma boa ideia, pois você vai conseguir artigos por uma fração do preço que pagaria por itens novos em lojas.

Mas há uma época especial quando você vai encontrar grande variedade de ofertas nos bazares: no fim de dezembro e janeiro, quando muita gente vai a essas lojas deixar presentes de Natal indesejados, além de outros itens.

No Brasil, a maioria dos bazares fica em igrejas católicas e neo-pentecostais, mas vale conferir locais como a Feira Permanente de Artesanato da Loja Sol, uma obra beneficente no Rio de Janeiro, onde é possível encontrar peças de todas as regiões do país.

Gostou das dicas? Então aproveite e confira como você pode abrir o seu próprio brechó online.