Faça uma busca
|
Publicado em: 7 de agosto de 2020

Criptomoedas: saiba mais sobre os bitcoins e outras moedas virtuais

Julia Monsores
Última atualização: 4 de janeiro de 2022
Por: Julia Monsores

Além dos bitcoins, há outras centenas de criptomoedas disponíveis. Confira as vantagens e desvantagens dessas moedas do futuro.

Criptomoedas: saiba mais sobre os bitcoins e outras moedas virtuais Imagem: marchmeena29/iStock

Consideradas uma das maiores invenções tecnológicas da atualidade, as criptomoedas, que têm no bitcoin o seu representante mais forte e conhecido, estão revolucionado as transações financeiras. 

Entenda o que são as criptomoedas e conheça com mais profundidade as vantagens e desvantagens dos bitcoins, o valor dessas moedas virtuais e como comprá-las com segurança.

Mas afinal, o que são as criptomoedas e os bitcoins? 

As criptomoedas surgiram com a ideia de instaurar um sistema financeiro alternativo e descentralizado, que não ficasse dependente das instituições financeiras, pressões políticas e aos riscos de crises financeiras.

Os bitcoins foram as primeiras criptomoedas surgidas no mercado, logo após a crise financeira de 2008, que começou nos Estados Unidos e ecoou por todo o mundo.

Assim, em 2009 um desenvolvedor utilizando um pseudônimo de Satoshi Nakamoto apresentou o bitcoin – uma moeda puramente virtual. E que, diferentemente das outras moedas, não era emitida por nenhum governo.

“Os bitcoins são simplesmente um dinheiro eletrônico de peer to peer“. – Satoshi Nakamoto

Assim, a ideia do bitcoin era ser uma moeda utilizada para realizar transações de compra, venda e investimento, sem um intermediário. Ou seja, sem bancos, máquinas de cartão ou órgãos de fiscalização, por exemplo.

Além disso, outra característica importante e revolucionária das criptomoedas é que todas as transações são feitas de forma anônima identificadas por um código único.

Mas se as criptomoedas e os bitcoins são descentralizados, como confiar em sua segurança?

criptomoedas e bitcoins: saiba tudo sobre as moedas virtuais
Viktoriia Hnatiuk/iStock

Como validar e garantir a segurança dessas transações, se diferentemente das transações envolvendo dinheiros reais não há um aparato físico por trás? A resposta está no sistema utilizado, o blockchain.

Por meio de um de um programa específico baixado em seus computadores, os usuários “cedem” parte do processamento de seus computadores e em troca recebem frações de bitcoins – os satoshis. Toda essa transação é registrada na blockchain.

Esse trabalho é desenvolvido pelos chamados “mineradores”, que, por meio desse incentivo (troca de processamento de dados por satoshis), deixam o arquivo mais honesto possível, garantindo a segurança das transações.

Leia mais: Saiba tudo sobre a declaração de bitcoins para a Receita Federal

Assim, o blockchain, então, nada mais é do que um sistema de tecnologia que permite essas aplicações descentralizadas.

Trata-se de uma espécie de “livro contábil” que assegura todas as transações dos bitcoins e das outras criptomoedas. Assim, esse arquivo está inserido em todos os computadores conectados à rede, precisando da validação dos “mineradores” para funcionar.

Interessante, não é mesmo?

E quais são as vantagens e desvantagens dos bitcoins e das criptomoedas?

criptomoedas e bitcoins: saiba tudo sobre as moedas virtuais
Imagem: Jirapong Manustrong/iStock

Vantagens:

  • Considerado o “ouro” digital, ele tem potencial de ser um ativo de proteção.
  • Maior liberdade de compra e de venda, sem intermediários;
  • Rede relativamente segura, com uma comunidade fiscalizando e validando as transações;
  • Não pode ser inflacionado por governos;

Desvantagens:

  • Ainda é uma moeda muito volátil, e assim possui grande oscilação de preços;
  • Ainda é considerado um investimento de risco;
  • Tem limitações que não conseguem suprir o uso de cartões e dinheiros reais;
  • Pode ser utilizado para transações ilícitas, na deep web;

Qual é o valor de um bitcoin?

Atualmente, um bitcoin está valendo em torno de R$63.000,00.

Diferente do real, por exemplo, um bitcoin pode ser fracionado em até um milhão de vezes. Dessa forma, é possível comprar pequenas frações de bitcoins.

Onde comprar criptomoedas e bitcoins?

criptomoedas e bitcoins: saiba tudo sobre as moedas virtuais
gopixa/iStock

Comprar bitcoins e outras criptomoedas é possível de duas maneiras: por meio da compra direta de outras pessoas ou por corretoras.

Com a febre do mercado dos bitcoins, muitas corretoras surgiram vendendo essas moedas virtuais.

Porém, é preciso ter cautela e escolher a opção de maior segurança, uma vez que, com a desregulamentação dos bitcoins, não é possível “reclamar” o seu dinheiro de volta para as instituições financeiras.

Algumas corretoras, por exemplo, podem bloquear os rendimentos e impedir o saque. Como já aconteceu com a Genbit, que prometia ganhos de até 15% do valor investido.

Além dos bitcoins, há outras centenas de criptomoedas disponíveis para compra e venda.

Para saber mais sobre como comprar bitcoins, confira este artigo com outras dicas!

Confira algumas das criptomoedas mais famosas:

  • Ethereum
  • CryptoEscudo
  • Dash
  • Ripple (XRP)
  • Binance Coin
  • Namecoin
  • Litecoin
  • EOS
  • Nxt
  • Cardano

Pensando em investir em bitcoins e outras criptomoedas? Então não deixe de se aprofundar mais no assunto, buscando leituras e vídeos.

Aqui no site também já ensinamos como saber qual é o seu perfil de investidor e sobre como começar a investir seu dinheiro. Dá uma olhada lá nas dicas para entender melhor!