No verão, temporais e deslizamento de terra como os que ocorreram no Rio de Janeiro ontem à noite se tornam mais frequentes. Sobretudo em razão da ocupação de áreas de riscos, como encostas e terrenos inclinados, desmatamento, cortes e aterros incompatíveis com o terreno. As chuvas intensas e prolongadas são responsáveis por muitas vítimas fatais e prejuízos materiais, e na hora do desespero muitas pessoas acabam optando por escolhas que podem lhe custar as vidas. Por isso, conhecer as medidas de segurança adequadas para se proteger nessas horas é crucial.

Temporal e alagamento: dicas que podem salvar sua vida

Precauções

  • Conserte vazamentos de água o mais rápido possível. Se necessário, construa canaletas.
  • Não amontoe lixo em vias públicas ou barreiras, pois ele dificulta o caminho das águas, aumentando, assim, o peso e o perigo de deslizamento. Jogue o lixo e o entulho em cestos apropriados.
  • Não remova a vegetação superficial, pois elas ajudam a fixar o terreno.
  • Não faça corte nos terrenos sem licença da Prefeitura.
  • Avise imediatamente a Defesa Civil do seu estado  se você observar o aparecimento de fendas e depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas, inclinação do tronco de árvores e de postes e surgimento de minas de água.

Atenção aos sinais

Antes de o deslizamento começar, surgem falhas no terreno, com os seguintes resultados:

  • Portas e janelas empenam ou emperram de repente.
  • Rachaduras novas surgem no reboco, no concreto, em tijolos ou fundações.
  • Rachaduras antigas se alargam.
  • Paredes externas e calçadas começam a se afastar do prédio ou da construção.
  • Elementos verticais do terreno se inclinam ou se movem.
  • Água e protuberâncias se acumulam na base da encosta.

deslizamentos

Cuidados especiais

 Idosos

Se você tiver amigos ou parentes idosos ou com dificuldade de locomoção morando em local de risco, antecipe-se e retire-os nos períodos de chuvas intensas, levando-os para um local que ofereça segurança.

Turma da Mônica e Corpo Humano

Moradores de local de risco

Elabore, com seus vizinhos ou com a sua comunidade, um plano de evacuação e um sistema de alarme. Assim, esse plano permitirá que se tenha coordenadas necessárias para agir em situações de risco, podendo ser útil para salvar a sua vida e a de seus vizinhos. Caso a localidade onde você mora não tenha esse plano, procure a ajuda da Prefeitura e a Defesa Civil para elaborá-lo.

Mas se acontecer o pior…

1 – Dentro de casa

Se você estiver dentro de casa durante um deslizamento, não tente sair. Antes, abrigue-se embaixo de uma mesa maciça ou de outro móvel resistente.

2 – Ao ar livre

Se estiver ao ar livre durante o deslizamento, procure entrar em um prédio resistente. Se não conseguir, enrole o corpo como uma bola e proteja a cabeça. Se estiver acompanhado por uma criança, enrole-se em torno dela.

3 – Saia do caminho

Se ouvir o barulho de uma enxurrada descendo o morro, tente sair do caminho dela passando para um local mais alto. Se não puder, agarre-se a uma árvore, um rochedo ou um poste resistente.

Fique atento!

 

Se você observar um princípio de deslizamento, avise imediatamente a Defesa Civil  (ligue para 199) e o Corpo de Bombeiros, assim como o máximo de pessoas que residem na área atingida. Além disso, afaste-se e oriente os curiosos para que se mantenham afastados do local do deslizamento, pois pode haver novas ocorrências.

Leia também:

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!