Faça uma busca

Esse site usa cookies para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com nossa Política de Privacidade

|
Publicado em: 28 de janeiro de 2022

Eczema: saiba como tratar com eficiência

Thaís Garcez
Última atualização: 27 de janeiro de 2022
Por: Thaís Garcez

Muito comum no couro cabeludo, tornozelos e cotovelos, o eczema pode ter seus sintomas agravados com o calor.

Eczema: saiba como tratar com eficiência Imagem: Melpomenem/iStock

Conhecido pelos médicos como dermatite, o eczema produz placas inflamadas de descamação avermelhada na pele. Essas placas também podem ser secas, descamantes, ásperas e conter minúsculas bolhas semelhantes a verrugas.

Leia também: Como controlar os sintomas de dermatite atópica em crianças

O eczema costuma aparecer em quem tem muita alergia, frequentemente provocado por alergias a alimentos, pólen, pelo de animal ou outras substâncias.

Alguns casos ocorrem após o contato com bijuterias feitas de níquel ou cromo, corantes, cosméticos, medicações tópicas e produtos de limpeza. Além disso, ele pode ser desencadeado ou agravado por ar seco, excesso de sol e estresse. E, embora coce muito, o ato de coçar a lesão pode piorá-la.

Cuidados com a pele

Peles propensas a eczemas precisam de gordura e umidade para recuperar a camada protetora natural. Mas atenção: se você for alérgico a certas substâncias, lembre-se de que algumas, mesmo animais ou vegetais, podem desencadear reações imunológicas e por isso devem ser aplicadas com cuidado.

Nesses casos, loções de pH neutro são ideais. Para hidratar a pele, é recomendável usar pomadas à base de plantas, com óleos de jojoba ou de prímula.

Tratamentos para eczema

Diversos suplementos de uso interno - combinados ou não com medicamentos convencionais - são úteis no combate à inflamação. Os efeitos costumam aparecer dentro de três a quatro dias. Veja alguns que podem ser mantidos a longo prazo, inclusive para prevenir recaídas:

Óleo de linhaça ou prímula

Leia também: Sofre de TPM? Então conheça o óleo de prímula

Ambos os óleos contêm tipos diferentes de ácidos graxos essenciais, que revitalizam a pele. Ademais, podem ajudar a aliviar a coceira e a inflamação.

Vitamina A e E

Essa duas vitaminas diminuem o ressecamento e a coceira na pele. Entretanto, as doses de vitamina A podem ser reduzidas quando os sintomas melhorarem.

Zinco

Ajuda no processo de cicatrização e reforça o funcionamento do sistema imunológico. Inclusive é necessário no processamento de ácidos graxos essenciais. Mas, atenção! Quando usado a longo prazo, deve ser tomado juntamente com o cobre.

Extrato de semente de uva

Rico em substâncias antioxidantes, chamadas flavonoides, que inibem as respostas alérgicas do corpo.

Couve

Amasse folhas de couve cruas com um rolo de massa até obter o suco. Aqueça-as em uma peneira sobre vapor d’água e aplique duas vezes ao dia.

Amor-perfeito

Para aliviar a coceira e inibir a inflamação: misture 2 colheres (sopa) de amor-perfeito com 250 ml de água fervente, reserve durante 10 minutos, coe e deixe a infusão ficar morna. Mergulhe uma toalha no líquido, torça-a e cubra o eczema durante 15 minutos.

Folha de nogueira

Despeje 250 ml de água fria sobre 2 colheres (chá) de folhas de nogueira, leve ao fogo durante 5 minutos, coe e espere ficar morno. Mergulhe uma toalha no caldo por 15 minutos, torça-a e deite-a sobre a pele afetada

Lama terapêutica

Misture 3 colheres (sopa) de lama terapêutica com quantidade suficiente de água fria para obter uma pasta. Misture 3 colheres (sopa) de lama terapêutica com quantidade suficiente de água fria para obter uma pasta. Aplique-a sobre o eczema, deixe agir durante 20 minutos e enxágue. Em seguida, passe uma pomada com vitamina E sobre a pele, para inibir processos inflamatórios.

Farinha de aveia

Um banho de farinha de aveia proporciona suavidade e maciez à pele. Encha saquinhos de linho com 500 g de farinha de aveia, feche-os bem e ponha-os na água do banho.

Outras soluções

Os tratamentos caseiros buscam manter a pele hidratada. Além de ajudar a prevenir a coceira, eles podem amenizar os sintomas. Então, conheça algumas dessas soluções:

Substitua as gorduras

Se você tem eczema, examine as gorduras que consome. Os ácidos graxos ômega 6 (encontrados nos óleos de cártamo, girassol e milho) podem piorar a inflamação. Por outro lado, os ácidos graxos ômega 3 (encontrados no azeite de oliva, na linhaça, em nozes e castanhas e em peixes gordurosos) estimulam o corpo a produzir compostos anti-inflamatórios e ajudam a aliviar eczemas e outras condições inflamatórias da pele.

Uma primeira boa medida: triture a linhaça fresca num moedor de café limpo e salpique algumas colheres de sopa no cereal do café da manhã, em sorvetes, saladas ou iogurtes todos os dias. A linhaça também é ótima no tratamento da acne; saiba mais!

Hidrate a pele

Aplicar hidratantes em abundância é fundamental para curar eczemas. Portanto, imediatamente após o banho, besunte a pele afetada (ou a pele propensa) com um hidratante forte e neutro. Acredite ou não, uma opção excelente é a gordura vegetal. Passe na pele ainda úmida para reter o máximo de umidade possível. Aproveite e veja algumas dicas para cuidar de peles muito secas.

Aloe vera

Leia também: Babosa: conheça os benefícios da Aloe Vera

O gel de aloe vera, retirado diretamente da planta, é rico em compostos anti-inflamatórios e curativos. Corte um talo, raspe o gel com uma colher e passe sobre a erupção diversas vezes por dia. Porém, se não tiver uma planta no jardim, compre gel de aloe vera em drogarias e lojas de produtos naturais. Mas, leia o rótulo para se certificar de que os produtos contêm gel 100% puro, sem a adição de outros ingredientes.

Açafrão-da-terra

O açafrão-da-terra, especiaria de cor amarela forte, tem propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e imunoestimulantes, graças a um composto chamado curcumina. Aliás, a curcumina também pode ser encontrada no curry em pó. Para incluir o açafrão-da-terra nas suas refeições, basta adicionar de ½ a 1 colher de chá a cozidos, arroz, sopas ou outros pratos todos os dias.

Entretanto, não vai adiantar se não for consumido regularmente. Se não consegue fazer isso, considere tomar suplementos de cúrcuma, que podem ser encontrados em lojas de produtos naturais e na internet. Procure por extratos padronizados com 95% de curcumina e tome 350 mg duas vezes por dia.

Peixes

Salmão, sardinha e atum em lata são ricos em gorduras ômega-3 que ajudam o corpo a regenerar a pele, prevenir inflamação e manter longe problemas inflamatórios como o eczema. Estudos sobre as causas e o alívio dos sintomas do eczema enfocaram mais em suplementos de óleo de peixe que no peixe propriamente dito.

Mas as evidências convenceram muitos dermatologistas a enfatizar a importância do peixe na alimentação. Especificamente, coma peixe em lata duas ou três vezes por semana. Saboreie um sanduíche de salmão ou recheie um tomate com salada de atum. Ou então, prepare algumas cebolas sauté acrescentando uma lata de sardinhas e desfrute com um prato de massa integral.

Pomada caseira contra eczema

O mel é frequentemente mencionado como uma cura para o eczema. Esta pomada de lavanda e mel aproveita o máximo dele. Além de atrair a umidade, ele alivia a irritação na pele produzida pelo eczema e pela dermatite.

Ingredientes:

  • 30 ml de cera de abelha ralada
  • 1 xícara de azeite de oliva
  • 1⁄3 de xícara de mel
  • 1 cápsula de vitamina E, 400 UI
  • 60 gotas de óleo essencial de lavanda

Modo de preparo:

Em banho-maria, sob fogo baixo, derreta a cera de abelha, mexendo de vez em quando. Depois, misture o azeite de oliva. Retire do fogo e deixe esfriar um pouco, em seguida adicione o mel. Fure a cápsula de vitamina E e esprema o conteúdo. Adicione 60 gotas do óleo essencial de lavanda. Por fim, despeje a mistura numa jarra com tampa hermética e utilize conforme necessário para manter a pele macia e hidratada.

Procure imediatamente um médico se o eczema cobriu uma área grande ou for recorrente apesar dos cuidados caseiros. Se uma região da pele que coça começar mostrar sinais de infecção, é preciso agir rapidamente com medicação prescrita. Isso inclui feridas com crostas, pus, pele raiada de vermelho, dor excessiva, inchaço ou febre.

O que evitar

Produtos sintéticos

Sabonetes alcalinos e produtos cosméticos sintéticos ou que contenham álcool devem ser evitados, pois deixam a pele ainda mais ressecada e propensa a infecções. Além disso, nunca manuseie produtos químicos sem calçar luvas.

Água quente

Muito contato com água e banhos quentes com temperatura acima de 35ºC também é prejudicial à pele.

Sol intenso

Exposição intensa ao sol é prejudicial a todos. Porém, aqueles que têm a pele sensível podem vir a ter eczemas devido ao calor.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

Assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados