Faça uma busca
|
Publicado em: 19 de março de 2021

Máscaras faciais: como escolher as melhores para a sua pele?

Confira o que três dermatologistas têm a dizer sobre as máscaras faciais

Imagem: Crédito: Erstudiostok\iStock

Em uma rotina de skincare, as máscaras faciais não podem ficar de fora. Feitas com argila, ácido hialurônico e outros componentes, elas trazem diversos benefícios à pele.

Existem máscaras que ajudam a controlar a oleosidade excessiva da pele, outras que reduzem os poros dilatados, as hidratantes e até as que clareiam manchas.

Mas assim como produtos e tratamentos, as máscaras faciais só devem ser usadas após avaliação de um dermatologista, que analisará quais são as necessidades de sua pele e te indicará a melhor opção.

As máscaras faciais são indicadas para todos tipos de pele

skincare pele saudavel
Imagem: iStock

Mas apesar de estarem cada vez mais populares, o uso de máscaras faciais ainda gera algumas dúvidas. Por exemplo: elas substituem o hidratante diário? Todas as pessoas, independente do tipo de pele, podem usar?

De acordo com a Dra. Ana Paula Fucci, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), do ponto de vista da hidratação as máscaras faciais beneficiam a todos os tipos de pele.

“Máscaras faciais podem estar na rotina de skincare de acordo com a indicação de um dermatologista, tanto quanto ao tipo, quanto a frequência de aplicação da mesma. Mesmo a pele oleosa e normal precisam de hidratação. Sem dúvida a pele seca requer substâncias mais umectantes, com maior poder de hidratação”, explica a dermatologista.

Além disso, cabe ainda destacar que a máscara facial e o hidratante possuem objetivos diferentes.

"A máscara de efeito tensor, por exemplo, gera o efeito “Cinderela” e não é um tratamento. Já o hidratante tem princípio ativo que vai carregar água e melhorar a hidratação da pele, textura e brilho, e é encarado como um tratamento. O veículo para esse produto é muito importante -- se for uma pele seca tem que ser mais hidratante, para normal a hidratação deve ser menor. Cabe avaliação do dermatologista", explica também o Dr. André Braz, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). 

Para cada necessidade, uma máscara facial diferente

argila
Imagem: iStock

Como já comentamos, assim como produtos e tratamentos, as máscaras faciais também devem ser utilizadas somente após avaliação de um dermatologista. E isso porque é na consulta que o seu médico indicará os melhores produtos para as necessidades de sua pele e, assim, você evitará reações alérgicas indesejadas.

"Se a pessoa tiver alguma sensibilidade a alguma substância da máscara (hipersensibilidade ao produto), pode haver danos à pele, sobretudo se ela usar mais de uma vez", explica o Dr. André Braz.

Há vários tipos de máscaras faciais. Algumas atuam na limpeza da pele, outras hidratam, e outras auxiliam no tratamento anti-idade, tão desejado com o avançar dos anos.

A dermatologista Dra. Fabiana Seidl explica que existem máscaras com diferentes tipos de ativos e especificidades para cada tipo de pele.

“Para peles oleosas, as máscaras de argila são excelentes: ajudam a controlar a oleosidade, higienizam profundamente e diminuem o aspecto dos poros dilatados. Já para as peles secas, prefiro indicar máscaras que possuam ativos de hidratação profunda, como ácido hialurônico em nanopartículas e ectoína, que promovem um boost de hidratação na pele. Para peles normais, as máscaras com ação detox e ricas em antioxidantes revigoram a pele e atuam prevenindo o envelhecimento. O ideal é sempre procurar a opinião de um especialista para saber qual o melhor produto para a sua pele”, detalha.

E as receitinhas naturais para a pele?

beneficios da babosa aloe vera
Imagem: Sundaemorning/iStock

Quando o assunto é cuidado com a pele, a babosa (aloe vera) é uma das estrelas. E isso porque ela é muito utilizada em máscaras faciais caseiras. Essa planta, que é fácil de ser encontrada e cultivada em casa, não necessita de muitos cuidados -- e tem uma lista surpreendente de benefícios!

Essa planta suculenta ajuda na cicatrização de feridas e espinhas, hidrata a pele e os cabelos e auxilia no alívio de queimaduras solares.

Apesar de 99% da babosa ser composta por água, o gel transparente que há dentro de suas folhas contém uma grande quantidade de poderosos compostos medicinais.

Para utilizar esse poderoso gel você pode extrair o conteúdo diretamente da planta. Basta retirar um talo bem bonito, cortá-lo no sentido do comprimento e espremê-lo sobre a pele.

Ou ainda, pode misturar o gel em outros componentes, como óleo de coco, azeite de oliva ou gergelim. Aplique suavemente sob a pele, em movimentos circulares. Deixe por 15 minutos e, em seguida, retire com água morna. Faça esse procedimento uma vez por semana para obter melhores resultados.

Caso não tenha essa planta em casa, também é possível encontrar máscaras faciais nas drogarias que tenham em sua composição o gel da babosa.

No entanto, é importante sempre consultar sua dermatologista antes de aplicar qualquer produto no rosto, seja caseiro ou comprado.

“Deve-se ter cuidado ao improvisar máscaras caseiras com produtos 'naturais'. Alguns ingredientes podem ser irritantes e causar alergias ou mesmo queimaduras", explica a Dra. Ana Paula Fucci.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


Cadastre-se GRÁTIS para continuar lendo


Você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos

Já tem cadastro? Faça login aqui.

Já sou assinante da Revista Impressa

close