Faça uma busca
|
Publicado em: 9 de janeiro de 2021

Ácido hialurônico: saiba tudo sobre o queridinho do momento

Conheça os efeitos do ácido hialurônico na pele e como usá-lo corretamente

Imagem: Anna Tretiak/iStock

Presente no nosso organismo, o ácido hialurônico é uma molécula de açúcar que ajuda a manter o viço da pele. Por isso ele é tão adorado e cobiçado nas clínicas de estética.

Leia mais: 45 plantas e ervas para uma pele naturalmente radiante

Mas como isso acontece? A molécula de açúcar atrai, naturalmente, água para si; cerca de mil vezes o seu peso. Além disso, tem como função preencher os espaços entre as células. Desse modo, deixa a pele mais hidratada, lisa, elástica e uniforme.

O ácido hialurônico está presente em todo o corpo, mas 56% encontra-se na pele. A má notícia é que, com o passar dos anos, essa concentração vai caindo regularmente. Por isso tantas pessoas buscam uma reposição por meio de dermocosméticos e procedimentos estéticos.

Benefícios do ácido hialurônico

Quem utiliza ácido hialurônico pode atestar a eficácia de suas promessas. Além de hidratar profundamente, ele diminui rugas e linhas de expressão e dá firmeza à pele.

benefícios do ácido hialurônico
Imagem: mi-viri/iStock

Além disso, ele pode ser potencializado quando combinado com outras substâncias:

  • Vitamina E – aumenta a maciez e diminui os danos causados pelos raios UV.
  • Retinol – intensifica a hidratação da pele, reduz as rugas, dá mais firmeza e elasticidade e melhora a textura.
  • Prebióticos – estimula a flora intestinal (melhorando a pele), reduz as bactérias nocivas e estimula as defesas da pele.
  • Vitamina C – previne o envelhecimento, combate a formação de radicais livres e rejuvenesce a pele.
  • Alantoína – minimiza irritações e acelera a regeneração da pele.

Dermatologistas sempre recomendam seu uso em quantidades que variam de acordo com a idade. Portanto, é importante consultar um profissional antes de iniciar o uso de dermocosméticos ou fazer aplicações.

Mas engana-se quem pensa que o ácido hialurônico traz benefícios apenas estéticos, pois ele é utilizado em outros procedimentos; sendo útil na recuperação de questões ortopédicas e também na oftalmologia.

Como usar

Se o estoque natural de ácido hialurônico estiver em baixa, é possível recuperar com a ajuda de produtos e intervenções dermatológicas. Atualmente, grande parte dos dermocosméticos anti-idade já contém essa molécula reparadora.

preenchimento
Imagem: YakobchukOlena/iStock

Basta ter a indicação correta do seu dermatologista para começar o tratamento. Mas para ações mais invasivas no rosto, é preciso recorrer a aplicações injetáveis.

O ácido é utilizado para realizar preenchimentos (lábios, olheiras, rugas etc.), fazer harmonização facial, reparar celulite e recuperar a firmeza perdida com o tempo. Porém, vale ressaltar que esses procedimentos devem ser feitos por profissionais qualificados e em locais com a estrutura adequada.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados