Faça uma busca
|
Publicado em: 21 de novembro de 2021

5 tipos de terapia para combater as dores

Cada uma dessas práticas é eficaz contra diversos tipos de dores

Imagem: Peera_Sathawirawong/iStock

Ter noção da sua postura é relevante para prevenir e administrar dores musculares e articulares. Diferentes tipos de terapia de movimento podem melhorar a coordenação, impedir quedas e ajudar no relaxamento.

Além disso, a terapia ajuda a atenuar a dor por estimulação muscular. Os exercícios também aguçam o cérebro a aprender novos padrões de uso muscular para que a postura seja alterada e a dor seja evitada no futuro. Confira a seguir 5 tipos de terapia que auxiliam no combate às dores.

Ioga

Leia também: Ioga: descubra o poder transformador dessa prática

Originária da Índia, a ioga praticada hoje tem várias formas. A Hatha ioga, o tipo mais comum ensinado no Ocidente, é uma mistura de posturas, respiração e meditação. As posturas (asanas) objetivam manter o corpo flexível e consistem, sobretudo, em movimentos de alongamento e flexão realizados bem devagar junto com a respiração.

Há várias formas de ioga, e é bom tentar diversos tipos antes de encontrar o estilo adequado a você e que o ajude com sua dor em particular. Veja aqui ​​quais são as diferenças entre os tipos de ioga.

Como pode ajudar 

Pessoas que praticam ioga com regularidade desenvolvem ótima flexibilidade física e serenidade mental. É ideal para quem tem dor crônica, como artrite, e também:

Tai Chi e Qigong

Sistema chinês de exercícios coordenados, o tai chi consiste em movimentos fluidos, circulares, executados devagar e com atenção aos padrões respiratórios. O qigong é similar, mas apresenta movimentos mais vigorosos. Ao contrário da ioga, em que muitas posturas são praticadas quando se está sentado no chão, o tai chi e o qigong são executados em pé.

Como pode ajudar 

O qigong e o tai chi são terapias ótimas para estimular os níveis de energia e reduzir o cansaço. São adequados para quem tem distúrbios físicos resultantes de muito estresse, tais como:

  • Dores de cabeça
  • Enxaquecas
  • Dores no pescoço
  • Dores nos ombros e nas costas

Técnica de Alexander

É um sistema de reeducação postural em que você percebe os hábitos ruins, responsáveis por distúrbios musculoesqueléticos, e aprende a usar o corpo de modo correto. Más posturas quando sentado, em pé e andando são corrigidas aos poucos, mediante uma série de exercícios.

Como pode ajudar 

Primeiramente, é uma abordagem preventiva, mas eficaz no alívio da dor gerada por problemas musculoesqueléticos e distúrbios relacionados. É útil para:

  • Problemas no pescoço e ombros
  • Lesões esportivas recorrentes
  • Dores nas costas 
  • Ciática
  • Dores de cabeça
  • Osteoartrite

Método de Feldenkrais

Leia também: Como a fisioterapia ajuda no alívio da dor

O Método Feldenkrais método russo consta de conscientização, via movimento, e de integração funcional. Os profissionais o encorajam a ter noção da postura, estimulando, gradativamente, a coordenação neuromuscular com novos padrões de movimento. Com as mãos, também manipulam as articulações a fim de auxiliar o cérebro a aprender outros movimentos, permitindo que áreas danificadas do corpo se mexam com maior eficácia.

Como pode ajudar 

A técnica é uma excelente terapia preventiva, colaborando para reduzir o risco de lesão ao ensinar a usar a musculatura com eficácia. Os movimentos suaves são úteis a quem sofre de dores:

  • Musculoarticulares recorrentes 
  • Crônicas, como artrite

Pilates

O pilates é um sistema de reabilitação por meio de exercícios que, sem usar outro peso que não o do corpo e sem causar impacto, isolam e fortalecem músculos fracos sem desenvolver demais os fortes. Os exercícios também mobilizam as articulações e liberam a tensão. Os movimentos lentos e controlados enfatizam a evolução natural em vez de uma mudança forçada.

Como pode ajudar 

Corrigindo desequilíbrios e evitando algumas dores associadas a distúrbios do sistema musculoesquelético. Sessões regulares de pilates supervisionadas são também benéficas para:

  • Artrite
  • Dor nas costas
  • Reumatismo
  • Osteoporose
  • Lesões musculoarticulares de ombros, joelhos e pés

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close