Faça uma busca


|
Publicado em: 24 de abril de 2019

5 bactérias que fazem bem hoje ou que farão no futuro

Existem literalmente trilhões de bactérias pelo mundo. E é possível que algumas delas possam até mesmo lutar contra diversas doenças, incluindo o câncer daqui a alguns anos

Imagem: ClaudioVentrella/IStock

As bactérias são formas de vida muito pequenas, visíveis apenas sob a lente de um microscópio, mas que fazem parte do nosso dia a dia. Elas estão em todo lugar, e é difícil ficar livre delas – na verdade, não é saudável ficar sem todas elas. Existem, é claro, milhares de bactérias que podem trazer diversos tipos de doenças, mas nem todas elas são vilãs. Conheça algumas bactérias que fazem bem ao corpo e descubra algumas que poderão tratar no futuro de diversas doenças que ainda são fatais hoje.

1. Actinobactéria

As actinobactérias estão entre as bactérias de solo mais abundantes e conhecidas. Talvez você não saiba, mas é provável que conheça seu cheiro típico, que fica bem intenso em bosques depois de uma chuva intensa. As actinobactérias produzem esporos quando o solo seca; então, quando a chuva molha a terra, os esporos se erguem no ar e criam um cheiro forte e doce. As actinobactérias também são amplamente usadas na fabricação de diversos antibióticos, e são usadas no tratamento para tuberculose, vários cânceres e infecções bacterianas de pele, olhos e ouvidos. Além disso, ela pode aumentar a atenção mental.

2. Probióticos

Os probióticos são micro-organismos que prosperam no intestino humano e são bactérias que fazem bem à saúde. As bactérias que residem no intestino contribuem para o metabolismo, absorvem nutrientes, ajudam a manter a estrutura e a função imunológicas. Elas também protegem de invasões de micróbios externos potencialmente perigosos. Além disso elas podem inclusive influenciar no estado de humor de uma pessoa. Em média um adulto tem de 1 a 2 kg de bactérias no trato intestinal, abrigando 100 trilhões de micro-organismos.

3. Bactéria botulínica

A toxina produzida pela bactéria Clostridium botulinum é o veneno mais letal conhecido na natureza, com potente poder de paralisar. No entanto, essa propriedade paralisadora pode ser aproveitada para o bem. Em quantidade minúscula, a toxina botulínica alivia uma grande variedade de enfermidades que afetam os nervos e músculos do corpo.

4. Cianobactérias

O câncer de pele, principalmente o tipo chamado melanoma, é responsável por grande número de mortes anuais no mundo inteiro. Loções, cremes e sprays dão boa proteção quando usados corretamente, mas são pegajosos e precisam ser reaplicados regularmente para fazer efeito. Seria muito mais fácil e confiável se pudéssemos tomar um comprimido que impedisse as queimaduras de sol e os cânceres de pele que ele causa. Hoje, cientistas dos Estados Unidos, do Reino Unido, da Austrália e da Suécia avançam na busca de uma solução estudando como as cianobactérias que vivem em recifes de coral se protegem do sol. Além disso, nos últimos anos houve progressos relacionados a cianobactérias usadas no tratamento de leucemia e cânceres de pulmão, rim, cólon e próstata.

5. Salmonela

Você não leu errado: a salmonela também é uma das bactérias que podem fazer bem! Esse tipo de bactéria são as mais conhecidas por provocar intoxicação alimentar, mas, surpreendentemente, também são promissoras como tratamentos de alguns cânceres. Diversos pesquisadores observaram em estudos com ratos que a atuação da salmonela pode estar relacionada à destruição das células cancerosas. Os estudos ainda estão em andamento, mas é possível que em alguns anos a salmonela, de grande vilã, possa se transformar em um dos maiores aliados contra o câncer de intestino e pele.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados