Faça uma busca
Saúde

8 truques simples para manter os problemas dentários à distância

Confira essas dicas para evitar cáries, dores de dente e outros problemas dentários!

Escrito por:

Marina Estevão

Redator
dor de dente
g-stockstudio/iStock
Publicado em: Última atualização:

Cáries? Dor de dente? Inflamação na gengiva? Placa bacteriana? Muitas vezes manter a saúde bucal não é algo simples. Confira esses 8 truques que vão ajudar você a se manter longe de problemas dentários.

1 – Use óleo de cravo

Foto: Madeleine_Steibach/iStock

A dor de dente está tão forte, que você pensa em amarrar a ponta de um fio no dente dolorido e a outra numa maçaneta e bater a porta. Mas espere aí! Antes de tomar medidas tão drásticas, pingue gotas de óleo de cravo num chumaço de algodão, coloque sobre o dente dolorido, morda com força e sustente a pressão por 3 a 4 minutos. A seguir, cuspa o algodão e enxágüe a boca com um copo de água misturado a uma generosa pitada de sal e várias gotas de óleo de cravo. Esse óleo faz maravilhas quando o assunto é dor de dente – ele não só acaba com a dor, como também com qualquer bactéria que poderia piorá-la. O extrato de baunilha tem efeito parecido e pode ser usado como alternativa. Mas lembre-se: o efeito é apenas temporário. Você precisa marcar uma hora com o dentista para descobrir o que está causando a dor.

2 – Masque chicletes para evitar cáries

Foto: ipag/iStock

Antigamente mascar chicletes causava cáries, mas hoje pode até preveni-
las – desde que o chiclete seja adoçado com xilitol, não com açúcar. Mascar chicletes ajuda a manter um bom fluxo de saliva, o que “lava” as bactérias da boca. De acordo com vários estudos, as gomas de mascar dificultam a aderência nos dentes de bactérias que causam cáries. Mas evite chicletes ou balas puxa-puxa se você tiver pontes, coroas, jaquetas ou outros materiais dentários de uso cosmético, pois o ato de mascar poderá soltá-los.

Antigamente mascar chicletes causava cáries; hoje pode até preveni-las!

3 – Faça um bule de chá

Foto: Wiroklyngz/iStock

O chá é mal-visto pelos dentistas por causa do tanino, que mancha os dentes. No entanto, ele contém flúor e outras substâncias que ajudam a reduzir cáries, proteger o esmalte e inibir a proliferação de bactérias. Enxaguar com chá verde após a escovação pode reduzir a placa bacteriana e o risco de doenças da gengiva. Estudos mostram que quem bebe chá regularmente tende a ter menos problemas dentários.

4 – Não se esqueça do fio dental

Foto: dolgachov/iStock

Você sabia que usar fio dental evita doenças da gengiva e que vários estudos confirmam que essas doenças não só aumentam o seu risco de perder um dente como também podem levar a doenças cardíacas? Isso porque gengivas machucadas liberam altos níveis de compostos que podem
causar inflamações em qualquer parte do corpo. Assim, use fio dental após cada refeição e antes de dormir.

5 – Experimente uma nova forma de passar fio dental

Foto: Tshum/iStock

Você sonha em descobrir uma ferramenta mais fácil de usar e que funcione melhor do que o fio dental na redução da placa bacteriana e da inflamação na gengiva? Bem, os BrushPicks já podem ser encontrados em lojas de artigos importados ou pela Internet. Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia compararam o uso dos BrushPicks – que têm uma lâmina estreita de três lados em uma das extremidades e uma escova de seis cerdas do outro – com o do fio dental normal e descobriram que os BrushPicks
são mais eficazes.

6 – Evite o açúcar oculto

Foto: stocksnapper/iStock

Você prefere maçã a torta de maçã, cenouras a balas puxa-puxa e água a refrigerantes, mas que tal evitar açúcares ocultos? Eles se escondem por todos os lados, inclusive em antiácidos, xaropes contra a tosse e vitaminas. O teor de açúcar contido em alguns remédios para crianças é especialmente alto e pesquisas mostram que contribuem para as cáries.
Assim, escove os dentes depois de tomar remédios, da mesma forma que faria depois de comer uma fatia de bolo ou um chocolate.

7 – Engula as vitaminas

Foto: dragana991/iStock

Muitas vitaminas mastigáveis contêm altos níveis de açúcar, o que pode comprometer seriamente o esmalte dos seus dentes. Assim, prefira comprimidos que podem ser engolidos inteiros.

8 – Use escovas elétricas

Foto: AndreyPopov/iStock

Ponha um pouco de vibração na sua rotina diária com uma escova elétrica. Numerosos estudos, no decorrer de quase 40 anos, mostraram que aqueles que as usam têm menos placa bacteriana e doenças da gengiva e dentes muito mais limpos do que os que usam escovas manuais.