Faça uma busca
|
Publicado em: 7 de agosto de 2019

Teste: o seu almoço realmente é saudável?

Reflita sobre as escolhas alimentares e veja se o seu almoço está adequado.

Imagem: RossHelen/iStock

O maior problema que enfrentamos na batalha contra a obesidade não é o que comemos, mas quanto comemos. Refletir sobre as escolhas alimentares que você fez na semana passada o ajudará a encontrar as melhores maneiras de obter um almoço saudável. Responda a estas perguntas, escolhendo o número que corresponda a sua resposta.

1. Na semana passada, com que frequência você sabia pela manhã o que comeria no almoço?

  • Nunca 1
  • Alguns dias 2
  • A maioria dos dias 3
  • Todos os dias 4

2. Com que frequência você sabia pelo menos onde almoçaria?

  • Nunca 1
  • Alguns dias 2
  • A maioria dos dias 3
  • Todos os dias 4

3. Com que frequência você comeu qualquer coisa que estivesse a seu alcance?

  • Alguns dias 1
  • A maioria dos dias 2
  • Todos os dias 3

4. Qual frase melhor descreve as suas opções no almoço?

  • Muito pouca opção 1
  • Alguma opção – as mesmas três ou quatro coisas 2
  • Escolha ampla − variada e interessante 3

5. Como você classificaria seu almoço típico?

  • Não muito saudável 1
  • Saudável o suficiente 2
  • Muito saudável 3

6. Quantas porções de legumes e verduras você geralmente come no almoço? (Batatas fritas não contam)

  • Nenhuma 1
  • Uma 2
  • Duas ou mais 3

7. Que tipo de pão você escolhe quando almoça um sanduíche?

  • Branco ou francês 1
  • Trigo integral, centeio ou outro pão preto 2
  • Pão de sete grãos ou outro pão integral 3

8. Com que frequência você almoçou em casa nesta última semana ou levou almoço de casa para o escritório?

  • Nunca 1
  • Uma­‑duas vezes 2
  • Duas­‑quatro vezes 3
  • Cinco­‑sete vezes 4

9. Qual foi sua bebida no almoço?

  • Refrigerante normal 1
  • Suco de fruta adoçado 2
  • Leite, refrigerante sem açúcar ou água 3
dieta low carb
(Foto: Wand_Prapan/iStock)

Resultado

Some os números que você marcou.

Uma pontuação de 24­‑30: Você já está a caminho de ter um almoço saudável.

Uma pontuação de 19­‑23: Algumas mudanças estratégicas simples podem ajudar a tornar mais fácil a mudança para um almoço mais saudável e variado.

Uma pontuação de 9­‑18: Tudo bem, você tem um trabalho sério a fazer. Ao melhorar o que come no almoço, você conseguirá dar um passo gigante em direção à redução de calorias e da gordura abdominal. Marque as perguntas que pontuaram um 1 ou um 2. Depois, procure abaixo as respostas correspondentes e descubra as dicas que irão ajudá­‑lo na próxima semana.

Dicas para um almoço saudável:

1, 2, 3. Se você não tem ideia de onde vai almoçar – ou do que vai escolher –, está correndo risco de comer qualquer coisa que estiver à mão quando a hora do almoço chegar. Isso pode significar problema para sua dieta.

Claro, nem todos sabemos sempre com antecedência onde vamos almoçar. Se isso acontece com você, então está na hora de ficar de olho no tamanho de suas porções onde quer que esteja na hora do almoço.

4. Quando suas opções são limitadas, a melhor escolha é levar a comida de casa. Se estiver pressionado pela falta de tempo de manhã, prepare seu almoço na noite anterior.

5. Seu almoço está carecendo de bons nutrientes? A maior parte daquilo que está disponível nos restaurantes fast­‑food e outros locais é rica em gordura saturada e açúcar e pobre em fibra e nutrientes. Se seu almoço regular raramente vê um vegetal verde, ele precisa ser melhorado. Se os locais de almoço disponíveis não oferecerem muita opção, sua melhor aposta ainda é trazer a própria refeição.

Veja mais: conheça 9 receitas leves e deliciosas para o almoço

6. O quê? Nenhum vegetal? Você está perdendo um dos melhores e mais saudáveis alimentos para quem está de dieta. 

7. Romper com o hábito do pão branco pode ser difícil, mas você obterá mais nutrientes – e se sentirá satisfeito por mais tempo – quando comer pães que sejam feitos de farinha de trigo ou de centeio integrais. Você obterá ainda mais fibras e vitaminas e minerais saudáveis com pães que contenham grãos integrais como flocos de aveia.

8. Não descarte a ideia de levar seu almoço de casa (veja como preparar uma marmita!). Esta semana, faça uma tentativa por um ou dois dias. Não existe forma melhor de controlar exatamente o que e quanto você come. Muitas pessoas consideram que levar o próprio almoço de casa as libera da pressão de ter de escolher o alimento que comerão quando estiverem com fome. Sem mencionar o fato de que com isso você economizará dinheiro.

9. O açúcar e o xarope de milho nos refrigerantes, além de sucos e das bebidas isotônicas, agora fornecem mais de 10% de nossas calorias totais.

Essa é uma quantidade terrível de calorias provenientes de alimentos que não oferecem quase nada em termos nutricionais. Mude para bebidas sem açúcar ou sirva­‑se de um copo de água pura ou mineral com gás e você eliminará 150 calorias de sua dieta.

O leite desnatado é outra escolha inteligente. Certo, o leite contém calorias, mas também é rico em proteína e cálcio. O cálcio é essencial para ossos saudáveis.

Para opções de almoço saudável confira nossas receitas!

fechar

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close