Já ouviu falar na frase “mente sã, corpo são”? Pois é, ter um cérebro saudável significa, antes de tudo, uma vida saudável. E o melhor de tudo é que não são necessários tratamentos médicos ou operações complicadas. Para estimular os neurônios, basta adotar práticas simples todos os dias.

Confira algumas que podem te ajudar:

1. Tenha uma vida social ativa

Um ambiente movimentado é fundamental para estimular os neurônios. Os contatos sociais nos permitem ficar “em alerta” e garantem uma variedade de solicitações. As atividades coletivas oferecem diversas oportunidades de aprender, assim como de debater e observar. O convívio de gerações diferentes abre novos horizontes e favorece as descobertas.

2. Controle suas emoções

Os efeitos nefastos de um nível elevado de estresse sobre a aprendizagem e a memória já são conhecidos há muito tempo. O medo e a angústia, por exemplo, atrapalham a capacidade de julgamento e de reflexão. As técnicas de diagnóstico por imagem mostram que o estresse e a depressão alteram a atividade dos neurônios e a plasticidade cerebral. Aprender a controlar as emoções permite ainda combater esses efeitos prejudiciais e ajudam você a estimular os neurônios ao mesmo tempo.

3. Divirta-se!

A motivação é o motor da aprendizagem e do prazer intelectual. Cada nova experiência vivenciada cria transitoriamente um novo caminho de circulação da informação no cérebro. Ele só pode se estabilizar e se consolidar se houver sobretudo um comprometimento voluntário de sua parte.

4. Treine seu cérebro

Aprender ao longo de toda a vida pode retardar o declínio cerebral e a aparição de doenças neurodegenerativas. Aproveite, então, todas as ocasiões para usar a memória ou adquirir novas competências. Competências não utilizadas acabam por se perder. Isso é evidente no caso das línguas estrangeiras, que se conservam pela prática. No geral, tarefas que envolvem organização, planejamento ou resolução de problemas melhoram as funções cerebrais. Os diversos programas de treinamento cerebral disponíveis em papel, na internet ou em vídeo games são todos benéficos para estimular os neurônios.

5. Durma bem para estimular os neurônios

A falta de sono tem impacto direto sobre a capacidade de concentração. Um número crescente de estudos reforça a hipótese de que a influência do sono sobre a consolidação de novos conhecimentos na memória está ligada à plasticidade cerebral, visto que, enquanto dormimos, ocorreria o fortalecimento das novas conexões neurais. Entenda agora como tratar e eliminar a insônia de uma vez.

6. Coma bem e mexa-se

Os benefícios dos exercícios para a saúde são inúmeros, principalmente se há uma rotina deles. O cérebro é um dos beneficiados, já que manter-se em movimento pode afastar dezenas de doenças que afetam o principal órgão do corpo.