Faça uma busca
|
Publicado em: 27 de novembro de 2020

Criolipólise funciona? Confira técnica de redução de gordura corporal

Talvez a melhor forma de queimar as gordurinhas localizadas seja congelando-as!

Imagem: HDesert/iStock

Se você é do time Projeto Verão, já deve ter ouvido falar em criolipólise para remover gorduras localizadas. Esse método foi criado na Universidade de Harvard e consiste em levar as células de gordura à morte por meio do congelamento delas, através de um processo inflamatório.

Leia mais: 6 coisas que você precisa saber sobre a gordura corporal

Os pesquisadores descobriram que quando as células eram expostas a baixíssima temperatura, ocorria a apoptose (a morte celular programada) delas e depois o próprio sistema imune as eliminava.

Criolipólise: quando os efeitos começam a aparecer?

Esse método provou ser seguro e eficaz para a eliminação de gorduras localizadas, aquelas que mesmo com muito exercício e dieta resistem em ir embora. Ao serem "congeladas", nos dias subsequentes ao tratamento elas não resistirão e ao longo do tempo vão ser eliminadas.

Apesar do altíssimo nível de eficácia, os efeitos da criolipólise não surgem na hora ou nos dias subsequentes. O tempo mínimo para apresentação de resultados pode ser de 10 dias, segundo médicos.

Entretanto, somente de dois a três meses depois que a aparência do corpo irá refletir o processo a que foi submetido.

Muitas vezes pessoas obtam por tratamentos para tratar a gordura localizada na esperança de perder peso, mas não funciona desse forma!
créditos: Rawpixel

É preciso manter em mente que esse tratamento não é indicado para perda de peso e não age nas gorduras profundas, apenas nas superficiais que tiveram contato com o aparelho.

Leia mais: 8 tipos de dietas diferentes para perder peso com saúde

Portanto, a melhor forma de enxergar os resultados é por meio de fotos do corpo sob o procedimento de criolipólise antes e depois. Antes da sessão, o esteticista ou médico que irá realizar o atendimento também mede o tamanho da gordura e anota, sendo essa uma outra forma de comparar resultados.

Como a criolipólise é feita?

A criolipólise é feita com uma máquina desenvolvida especialmente para isso. Quando surgiram, elas possuíam apenas um "braço" que era acoplado a um local do corpo e ali permanecia agindo durante o tempo do tratamento.

Atualmente as máquinas mais novas possuem mais de uma manopla e é possível realizar a criolipólise em diferentes áreas do corpo ao mesmo tempo, combinando técnicas.

O tratamento da criolipólise é bastante tranquilo e o paciente pode até mexer no celular durante o processo
créditos: Daniel Chetroni/iStock

O processo não pode começar sem que a pessoa responsável abra uma nova película de proteção de boa qualidade que será aplicada em somente uma área e descartada após o uso. Essa proteção é essencial pois sem ela podem ocorrer queimaduras ou até necrose do tecido.

Pode não parecer, por não ser um método invasivo e que necessite de anestesia ou centro cirúrgico, mas é uma técnica bastante agressiva - submete-se o corpo a temperaturas entre -5ºC e -10ºC durante 60 minutos e a uma sucção mecânica.

Leia mais: Doenças cardiovasculares e gordura intra-abdominal: qual a ligação?

Quando o aparelho realiza a sucção sente-se um pouco de dor, mas assim que começa o processo de resfriamento há a sensação anestésica do frio no local e permanece assim até o fim. Após o procedimento é recomendado que o esteticista realize uma massagem onde a gordura foi sugada, tanto para devolver a sensação normal da pele quanto para obter melhores resultados.

Cuidados antes, durante e depois

Não é preciso ter nenhum tipo de cuidado especial antes ou depois da criolipólise. Assim, não há uma dieta específica, ou abstenção de líquidos na noite anterior.

Porém, profissionais da saúde recomendam que uma dieta saudável e regrada seja seguida, assim como exercícios físicos.

Essa recomendação é bastante condizente considerando que trata-se de um processo caro e complicado. Afinal, não há sentido em acabar com a gordura para apenas repô-la pouco tempo depois.

Seguir uma dieta saudável é parte essencial do processo ou a criolipólise é dinheiro jogado fora!
créditos: Trang Doan/Pexels

Um cuidado que médicos tomam é avaliar cuidadosamente se o paciente está apto para fazer o tratamento, se não irá sofrer nenhum tipo de problema causado pelo aparelho.

A pele precisa estar perfeita, na condição de máxima saúde possível. Para algumas condições médicas, é possível serem tratadas antes de fazer a criolipólise e assim garantir que não saíram com machucados e feridas.

Contraindicações

Os tipos de pessoas que podem ter sensibilidade são as que estão fazendo tratamento com Roacutan, corticoides ou anti-inflamatórios, remédios que mexem com a sensibilidade da área.

Além disso, pessoas que passaram por abdominoplastia ou lipoaspiração também não devem fazer a criolipólise. Como essas áreas já passaram por lacerações antes, a pele é mais sensível e pode sofrer muito mais com o impacto da mecânica da máquina e do frio.

A região que possua estrias também é indicador da sensibilidade da pele e por isso não é indicada para passar pelo tratamento. Estrias são indicações de esgarçamento da pele e essa região possui menos resistência ao danos que a máquina pode fazer.

Exercício físico pode ser feito antes e depois do processo de criolipólise
Imagem: Karl Solano/Pexels

Ainda, como o tecido adiposo é parte do sistema imunológico, esse tratamento também não é indicado em períodos de baixa imunidade, como gripes, herpes, candidíase…

Leia mais: como fortalecer o sistema imunológico na terceira idade?

Caso você esteja doente, é preciso remarcar para quando estiver saudável e o corpo puder "dispensar" o sistema imunológico para lidar com as células de gorduras mortas.

E qual o valor da criolipólise?

Assim como qualquer tratamento, o valor da criolipólise irá depender da cidade e região em que você mora. Além da época em que você está planejando fazer.

Em épocas de promoção, é possível encontrar pacotes com quatro sessões de criolipólise e drenagem linfática por até R$150.

Mas, também existem pacotes de criolipólise combinada de costas e bumbum em que o preço pode chegar a R$1.050.

A criolipólise é uma técnica mais barata do que uma cirurgia invasiva. Porém, é necessário associá-la a rotinas mais rigorosas de alimentação e exercícios físicos.

Caso você se interesse em realizar esse procedimento, procure por indicações de clínicas de estética com pessoas de confiança ou pesquise por conta própria.

Vá ao local e converse com os profissionais e esclareça todas suas dúvidas. Desconfie de profissionais que não são capazes ou não querem responder algo perguntado, especialmente se for parte do processo. Tome sempre muito cuidado!

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close