Faça uma busca
Saúde

Descubra como a arnica pode ajudar a aliviar as dores

Apesar de ajudar a aliviar dores, a arnica pode ser perigosa e deve ser usada da forma correta.

Escrito por:

Thaís Garcez

Redator
arnica
emer1940/iStock
Publicado em: Última atualização:

Não se deixe enganar pela bela aparência da arnica. As adoráveis flores semelhantes a margaridas dessa erva podem levar sua pressão à estratosfera e causar lesão cardíaca permanente. Óleos destilados de arnica ou infusões de suas flores secas jamais devem ser ingeridos. Como medicamento externo, porém, a arnica é surpreendentemente efetiva no tratamento de dores musculares, equimoses e distensões. Em outras palavras, se você sofreu um pequeno acidente ou lesão praticando esportes, a arnica é a erva que deve procurar para obter alívio.

Você pode obter arnica em forma de gel, creme, pomada e tintura. Também é encontrada frequentemente em preparações homeopáticas. Outra maneira de aplicá-la é como compressa. Primeiro faça uma infusão forte com 2 colheres de chá de flores de arnica para 1 xícara de água fervente. Espere esfriar, depois embeba um pano limpo no chá e aplique.

Para que serve a arnica?

Atenção às Erupções Cutâneas

Embora a maioria das pessoas possa usufruir dos benefícios da arnica sem quaisquer efeitos colaterais, ela não deve ser usada por alérgicos à helenalina – uma das substâncias ativas da planta. O uso regular da erva pode resultar em dermatite de contato, uma erupção cutânea inofensiva, mas que pode ser pruriginosa. Isso geralmente ocorre em pessoas que usam a erva frequentemente e aplicam uma tintura muito concentrada na pele.

Se você for alérgico à ambrósia americana, evite definitivamente a arnica. Ambas pertencem à família asterácea, causadora comum de alergias.

Atenção!

Sempre procure o atendimento médico especializado antes de começar qualquer tratamento. Somente um médico poderá indicar qual a melhor opção de tratamento para o seu caso.

Conheça também 23 plantas e ervas medicinais que podem melhorar a sua vida!