Muitas pessoas pensam que ter saúde mental é não apresentar doenças mentais. No entanto, o conceito implica muito mais que a ausência destas enfermidades, sendo determinada por fatores socioeconômicos, biológicos e ambientais.

Uma pessoa não saudável pode apresentar diversos transtornos como depressão, ansiedade, esquizofrenia, bipolaridade, compulsão, entre outros. Por outro lado, é também possível se tornar dependente químico ou de substâncias psicoativas, como o álcool.

7 conselhos para melhorar a vida social e a saúde mental

Na era das redes sociais, os problemas tendem a ser mais frequentes. Isso porque o julgamento e a necessidade de aprovação, em redes como “Instagram”, podem gerar doenças como depressão e compulsão.

Quem pode ter problemas de saúde mental?

Segundo o Ministério da Saúde, todas as pessoas, de ambos os sexos e em qualquer faixa etária, podem ser afetadas em algum momento, com maior ou menor gravidade.

Recentemente, alguns famosos expuseram seus problemas. O youtuber e humorista Whindersson Nunes, por exemplo, surpreendeu seus fãs ao falar sobre o quadro de depressão que estava enfrentando.

Na mesma situação, artistas como Jim Carrey, Demi Lovato e até o padre Fábio de Melo relataram sofrer com a doença. Já o alcoolismo tem sido exposto pelo ator Fábio Assunção, que luta para vencer a dependência.

Mas como se manter saudável e não desenvolver doenças ou problemas mentais? Separamos um guia sobre saúde mental, com dicas, fatores de risco e falsos conceitos. Confira na galeria abaixo.

Artisteer/iStock

O que pode afetar sua saúde mental?

Entrada na escola

O início dos estudos pode afetar a  saúde mental de alguns estudantes. Isso porque este é um momento que algumas pessoas sentem a necessidade de aprovação e precisam aprender a se relacionar.


Monkeybusinessimages/iStock

Adolescência

Segundo a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), a adolescência, que compreende a fase entre os 10 e 19 anos, é um momento que molda os jovens para a vida adulta.

Enquanto a maioria dos adolescentes tem uma boa saúde mental, múltiplas mudanças físicas, emocionais e sociais, incluindo a exposição à pobreza, abuso ou violência, podem desencadear problemas de saúde mental nos adolescentes. Por isso, esta é uma etapa que precisa de atenção redobrada dos pais e responsáveis.


Vadimguzhva/iStock

Separação dos pais e conflitos familiares

A separação dos pais e os conflitos familiares podem levar a traumas psicológicos, principalmente por parte dos jovens. Situações como essas podem desencadear problemas de saúde mental, tanto nos pais quanto nos filhos.


Diy13/iStock

Dificuldades financeiras

Outros fatores que podem gerar problemas de saúde mental são as dificuldades financeiras e o desemprego. Por isso, é preciso estar preparado para lidar com situações como essas.