Seja na estrada ou nas ruas da cidade, imprevistos no trânsito podem sempre ocorrer. Por isso, é importante que você saiba como agir nesses momentos. As situações inesperadas podem ser várias, desde um pneu furado até uma pequena colisão. Mas você não precisa se preocupar, com as orientações a seguir a situação estará sob controle. Confira!

Pneu furou

Um pneu com muitos quilômetros rodados pode ser um agravante para a sua viagem. Caso ele fure durante o seu percurso, a primeira providência a ser tomada é parar o carro em um local adequado e fazer a troca pelo estepe – verifique sempre se o estepe está em boas condições. A dimensão do furo ou do rasgo pode influenciar na melhor decisão a ser tomada posteriormente. Talvez, um reparo no borracheiro resolva o problema, mas às vezes essa pode ser uma opção imprudente. Portanto, se o dano for grande, pense primeiro na sua segurança e invista em um novo pneu. Nesse caso a economia não vale a pena!

Ruas esburacadas

Além da atenção redobrada, algumas técnicas podem ajudar na hora de vencer os buracos das estradas. Caso você se encontre em uma situação como essa, primeiramente, diminua a velocidade. Assim será possível tentar desviar dos buracos com cautela. Se não for possível evitá-los, mantenha o volante reto e freie aos poucos; desse modo, os pneus sofrerão mais os efeitos da pancada do que a suspensão. Além disso, pise na embreagem para evitar danos ao câmbio.

Fechada repentina

Levar uma fechada enquanto dirige talvez seja um dos principais imprevistos no trânsito. Dificilmente podemos prever quando isso pode acontecer, mas com alguns cuidados é possível lidar com esse transtorno. Evite jogar o carro para o lado oposto à fechada, o risco de perder o controle da direção e atingir outros carros é alto. O mais indicado é frear e sinalizar aos carros de trás com o pisca alerta; a fim de evitar uma colisão traseira. Esteja sempre atento ao trânsito para escapar de sustos como esse.

Descontrole na pista molhada

Também conhecido como aquaplanagem, a perda do controle do carro em pistas molhadas pode ser evitada com algumas ações simples. Primeiro, reduza a velocidade, mesmo que esteja abaixo da velocidade máxima permitida. A partir de 50 km/h o carro já pode perder a aderência com o asfalto. Em seguida, certifique-se de que os pneus estão em bom estado, calibrados e com as fissuras necessárias para evitar o deslizamento. Se mesmo assim ocorrer a aquaplanagem, não acelere de forma alguma e deixe o carro engrenado. Somente se o seu carro tiver freios ABS pressione um pouco os freios. Mantenha o volante reto no momento e, depois, movimente-o suavemente para a esquerda e para a direita para saber se ele já está sob controle novamente.

Colisões

Ninguém quer se envolver em uma batida carro, mas esse tipo de imprevisto pode acontecer. Se a colisão for leve e sem vítimas, tire os veículos da via para evitar outros transtornos. Em seguida, registre os danos materiais, anote outras informações necessárias e resolva com o outro motorista a resolução dos problemas, se será necessário ou não acionar o seguro.

Em caso de colisão grave, com vítimas, não remova os veículos do local do acidente e sinalize adequadamente a via. Entre em contato imediatamente com a polícia e o corpo de bombeiros para que as medidas necessárias sejam tomadas. Ligue também para a seguradora. Não fuja do local, caso você tenha causado o acidente, pois isso pode agravar sua situação. Em ambos os casos, faça um boletim de ocorrência!

Tomando esses cuidados você poderá lidar melhor com os imprevistos no trânsito. A prudência será sempre a melhor escolha.

Por Thaís Garcez

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!