Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 11 de maio de 2021

Escova de dente elétrica ou normal: saiba qual é a melhor

Confira os prós e contras de cada tipo de escova!

Imagem: peakSTOCK/

Tem gente que ainda hoje acha que escova de dente é tudo igual. No entanto, não é bem assim. Quem usa aparelho, por exemplo, precisa fazer uso de escovas interdentais para que a higiene bucal seja feita também entre as hastes. Mas você, que não usa aparelho, talvez já possa ter se perguntado em algum momento qual tipo de escova de dentes é melhor: a escova de dente elétrica ou a normal.

Compreender qual é o melhor tipo de escova para as suas necessidades é fundamental para evitar problemas na saúde bucal, como o surgimento de placas bacterianas, cáries e periodontites. Para saber a resposta desta questão, separamos os prós e contras de cada uma delas. Confira!

Escova de dente elétrica

melhores tipos escova dente eletrica
Imagem: brizmaker/iStock

Vantagens

Uma das grandes vantagens da escova de dente elétrica é em relação aos movimentos realizados. Para quem tem problemas de mobilidade, como artrite, ela pode ser uma grande aliada, uma vez que esses movimentos são feitos de forma mecânica.

Inclusive em locais de maior dificuldade de acesso, como os dentes mais interiores. E assim, acabam sendo mais efetivos para remoção das placas bacterianas quando comparados à escova de dente tradicional.

Além disso, muitos modelos possuem um temporizador acoplado, o que possibilita que você faça um acompanhamento de quanto tempo tem levado para escovar os dentes. Segundo a recomendação dos dentistas, o tempo mínimo é de 2 minutos, então se tem levado menos que isso é hora de ter atenção e melhorar a higienização bucal!

Outro ponto a favor das escovas elétricas é que algumas delas, como a da Oral B, possuem diferentes modelos de escovação. Assim, se você tiver dentes sensíveis, pode acionar o modelo de “escovação para dentes sensíveis”, garantindo uma limpeza adequada sem agressão aos dentes. Também há o modelo de “limpeza de língua”, “clareamento dental”, “limpeza profunda”, e outros.

Além disso, alguns estudos apontam que usar uma escova de dente elétrica faz com que a pessoa sinta mais disposição para escovar os dentes. E assim, sua saúde bucal é preservada.

Desvantagens

A principal desvantagem em relação à escova de dente elétrica é com relação ao seu preço. Uma vez que precisamos trocar a escova de tempos em tempos (aproximadamente três meses) pode acabar não compensando tanto assim financeiramente. E isso porque apesar de ser necessário trocar apenas a parte de cima da escova de dente elétrica, nem sempre é fácil de achá-la, o que pode fazer com que seja necessária a compra de uma nova escova.

Além disso, por dependerem de energia, elas também são menos ecológicas do que as escovas tradicionais ou do que as de bambu.

Escova de dente tradicional

erros que voce ainda comete na sua saude bucal
Imagem: busracavus/iStock

As escovas de dente manuais existem há muito tempo. Embora não tenham os recursos das escovas elétricas, ainda são uma ferramenta eficaz para limpar os dentes e prevenir a gengivite.

Vantagens

A principal vantagem da escova de dente tradicional em relação à escova de dente elétrica é o preço, que costuma ser bem mais em conta. Disponível em diversos modelos, é possível encontrar escovas específicas para suas necessidades — como escovas para dentes sensíveis, por exemplo. As melhores opções são aquelas com fibras ultramacias e com mais de cinco mil cerdas, que realizam uma limpeza suave, que não agride a gengiva e não prejudica o esmalte.

Por não precisar de energia para funcionar, ela é mais funcional e ecológica. Além disso,

Desvantagens

Com as escovas de dente manuais pode haver um exagero na força usada para a limpeza, o que pode prejudicar a gengiva e os esmaltes. Além disso, com o uso de uma escova de dentes manual também pode ser mais difícil de controlar o tempo de escovação, uma vez que não há um contador embutido.

Assim, é preciso redobrar a atenção, e de preferência usar um cronômetro para ajudá-lo a contabilizar o tempo.

Conclusão: qual das duas é melhor?

Conheça 10 usos alternativos para a escova de dente em sua casa!
Imagem: iStock

Agora que você já conhece os prós e contras de cada tipo de escova de dente, a chave para escolher qual é o melhor modelo é analisar com qual deles você se sente mais confortável. E assim, ser capaz de realizar uma limpeza suave, mas eficiente, e garantir a saúde bucal, ficando longe de problemas como cáries, gengivites, periodontites e a tão temida perda de dentes.

E lembre-se: troque sua escova de três em três meses e escove o dente sempre após a ingestão de alimentos.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados