Faça uma busca
|
Publicado em: 21 de maio de 2021

Soro fisiológico: o que é, para que serve e como fazer

Confira o que é o soro fisiológico, para que ele serve e como fazer seu próprio soro em casa.

Imagem: georgeoprea9 / iStock

O soro fisiológico é bastante conhecido e usado tanto em hospitais quanto em nossas casas. Pessoas que sofrem de alergia, rinite e outros problemas respiratórios, principalmente que envolvem congestionamento nasal, sempre têm, ou pelo menos deveriam ter, uma garrafa de soro em casa.

Descubra o que exatamente é o soro fisiológico e quais são seus benefícios para a saúde.

Soro fisiológico: o que é, para que serve e como fazer

1. O que é soro fisiológico?

O soro fisiológico é uma solução salina, isotônica em relação aos líquidos corporais e estéril. Contém 0,9% de NaCL (cloreto de sódio) dissolvidos em água destilada, ou seja, em 100ml de líquido encontra-se 0,9g de sal. Sendo assim, a mesma medida contém 0,354g de Na+ (sódio) e 0,546g de Cl- (cloro), em um pH igual a 6,0.

Ele pode ser comprado em farmácias convencionais e é vendido sem a necessidade de receita médica. É encontrado em frascos de plástico em tamanhos diferentes.

2. Para que serve o soro fisiológico?

O soro fisiológico pode ser utilizado para diferentes fins:

– Desidratação

O soro é comumente utilizado em casos de falta de líquidos ou sal no organismo. Muito utilizados em casos de diarreia, vômito, aspirações gástricas, suor excessivo, queimaduras extensas, hemorragias ou fistulas digestivas. Nesses casos, o soro deve ser administrado diretamente na veia por um profissional da saúde.

Leia também:  Fique atento à importância da hidratação

– Limpeza dos olhos

Soro fisiológico sendo pingado em olho.
Lavando olho com soro fisiológico. Créditos: stam shaimov / iStock

Ele também pode ser utilizado para a limpeza dos olhos. Nesse caso, deve-se optar por embalagens individuais, fechadas e esterilizadas para serem utilizadas especificamente para isso. De preferência, embalagens de utilização única.

Para ajudar na limpeza, também podem ser utilizadas compressas com algodão embebidas em soro fisiológico. Lave muito bem as mãos antes de prepará-las.

– Lavagem de queimaduras ou feridas

O soro pode ser utilizado para lavar ferimentos e queimaduras. A lavagem deve ser realizada do centro para as beiradas e pode ser realizada por um profissional da saúde ou em casa. Tal lavagem elimina resíduos da região que está suscetível a infecções.

Compressas de soro fresco também podem aliviar a dor de pequenas queimaduras e ajudar a pele a se regenerar mais rápido, uma vez que contribui para que o local se reidrate.

– Nebulização

Nebulização com soro fisiológico.
Nebulização com soro fisiológico. Créditos: Ridofranz / iStock

Aqueles que sofrem de sinusite, gripes e resfriados, principalmente desde crianças, conhecem bem o tratamento de nebulização feito com soro. Ele é grande aliado nesses casos, pois umidifica as vias aéreas e a fluidifica as secreções, desobstruindo as vias respiratórias.

– Lavagem do Nariz

Uma vez que o soro fisiológico ajuda a desobstruir as vias respiratórias ele também é utilizado diretamente para a lavagem do nariz, eliminando secreções. É ideal para as pessoas que sofrem de alergias respiratórias, rinite e sinusite manterem o nariz devidamente limpo e hidratado.

– Aplicação no rosto

tipos de peeling rosto
Imagem: Deagreez/iStock

Quando aplicado no rosto, o soro fisiológico também traz muitos benefícios para a pele. Ele diminui as olheiras, ajuda no controle da oleosidade da pele, promove uma limpeza profunda, hidrata, melhora a aparências e consistência da pele e, além disso, também elimina o cloro presente na água do chuveiro e da torneira que fica em nossa pele depois da lavagem.

 – Veículos de medicamentos

Em algumas situações, o soro também pode ser utilizado como veículo de medicamentos, para, posteriormente, poder ser administrado diretamente na veia.

3. Como fazer soro fisiológico em casa?

É possível fazer seu próprio soro em casa. Para isso, basta misturar os seguintes ingredientes:

  • 1 litro de água filtrada fervida ou mineral engarrafada;
  • 1 colher de sopa bem cheia de açúcar (20g);
  • 1 colher de café de sal (3,5g).

Ele pode ser utilizado para combater a desidratação em casos de diarreia, vômitos, gastroenterite e dengue, por exemplo. Ele é indicado para todas as idades e pode ser usado também para cães e gatos.

4. Faz mal beber soro fisiológico?

Desde que não seja em grandes quantidades e com muita frequência, não há nenhuma mal em beber soro fisiológico.

5. Efeitos colaterais

Embora raros, existem alguns possíveis efeitos adversos que incluem:

  • Irritação no local da injeção em caso de aplicação intravenosa,
  • Hipernatremia (excesso de sódio no sangue),
  • Sonolência
  • Confusão mental
  • Sede
  • Hipertensão
  • Cefaleia
  • Vertigens.

6. Contraindicações

O soro é contraindicado para pessoas com hipersensibilidade ao cloreto de sódio. Além disso, não deve ser utilizado por via intravenosa em indivíduos com hipernatremia, insuficiência cardíaca, insuficiência renal ou edema generalizado.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados