Se você começou a cultivar plantas em casa, provavelmente também percebeu que precisa de algumas ferramentas para facilitar o serviço. Mas, felizmente, a solução para a maioria dos casos é muito simples e não existe a necessidade de comprar ferramentas caras de jardinagem para manter a sua cebolinha saudável.

Confira a seguir 15 ferramentas para jardinagem improvisadas que te ajudam a economizar na hora de plantar:

  • 1. Copos de papel

    Se novas mudas andam sumindo do canteiro da noite para o dia, você certamente precisa de um escudo para protegê-las de pragas, como lagartas e lesmas.

    Para evitar essas pragas, corte fora o fundo de um copo de papel e coloque-o sobre a muda. Não se esqueça de retirar o copo no dia seguinte!

    Alinakho/iStock
  • 2. Um cinto comum

    Você provavelmente sabe que é cansativo ir e voltar do armário para buscar itens que esqueceu por lá antes de cuidar das plantas, não é?

    Você pode reciclar cintos velhos para facilitar as tarefas: utilize os furos para pendurar ferramentas com barbantes. Também é possível produzir saquinhos de pano para as sementes e pendurá-las ali.

    Tanawut Punketnakorn/iStock
  • 3. Saquinhos de chá

    Você pode cultivar algumas sementes de grama num saquinho de chá molhado. A grama germinará rapidamente e as mudinhas poderão ser usadas para preencher pequenas partes sem vegetação do gramado.

    Além disso, para obter plantas mais saudáveis, disponha alguns saquinhos de chá usados no fundo do vaso antes de plantar. Os saquinhos de chá reterão água e liberarão nutrientes na terra.

    fotofermer/iStock
  • 4. Pote de margarina

    Plantar as sementes em ambiente protegido faz você poupar dinheiro, mas não gaste essa economia em sementeiras.

    Pegue um pote de margarina, faça alguns furos na base, acrescente terra adubada úmida e coloque as sementes segundo as instruções da embalagem. Use um marcador permanente num lado do pote para ajudá-lo a lembrar o que plantou e use a tampa do pote como pratinho. Potes pequenos também economizam espaço, especialmente se você quer começar apenas com um ou dois tipos de plantas.

    Gingagi/iStock
  • 5. Garrafas plásticas

    Nos períodos de seca ou quando você for fazer uma viagem curta, uma boa maneira de manter as raízes das plantas molhadas é colocar vários irrigadores feitos com garrafas plásticas grandes espalhados pelo jardim.

    Corte um buraco grande no fundo de uma garrafa, depois fure de 2 a 5 pequenos orifícios (de cerca de 1,5 mm) na tampa ou em volta dela. Enterre as garrafas tampadas de cabeça para baixo cerca de 3⁄4 sob o solo, perto das plantas que precisa molhar, e preencha com água através do buraco na parte superior. Complete a água conforme o necessário.

    Uma outra opção é encher uma garrafa grande com água ao lado dos vasos de plantas. Corte pedaços de barbante compridos o bastante para sair do fundo do recipiente e chegar a alguns centímetros de profundidade da terra dos vasos. Molhe bem os barbantes e ponha-os em posição. Quando a terra começar a secar, a ação capilar levará água do recipiente aos vasos, por meio do barbante.

    Witthaya Prasongsin/iStock
  • 6. Guarda-chuva

    Remova o tecido de um guarda-chuva danificado e enterre o cabo no solo para sustentar plantas trepadeiras ou arbustos. O guarda-chuva coberto com flores ficará magnífico no jardim.

    sunstock/iStock
  • 7. Bandejas de isopor

    Se seus joelhos sofrem quando você está cuidando do jardim, prenda neles bandejas de isopor (para alimentos) com fita adesiva. Ou amarre as bandejas a suas pernas usando meias velhas. O isopor propiciará acolchoamento extra quando você for retirar ervas daninhas e fertilizar as plantas.

    Fascinadora/iStock
  • 8. Meia-calça

    As pernas de meias-calças formam um ótimo saco para guardar os bulbos de flores, já que permitem a circulação de ar em volta do bulbo, para evitar que mofem e apodreçam. Corte a perna de uma meia-calça velha e insira os bulbos dentro, dê um nó na ponta e coloque rótulos em cada saco, usando uma tira de fita-crepe. Pendure-os num local arejado e seco, e eles estarão prontos para o plantio quando for a hora.

    artursfoto/iStock
  • 9. Corda de algodão

    Para deixar o cabo da pá ou de qualquer outra ferramenta de jardim mais confortável, enrole-o bem com um pedaço de corda de algodão e, a seguir, cubra a corda com várias camadas de fita isolante. A longo prazo, um cabo mais volumoso e macio será bem mais cômodo para as mãos.

    _LeS_/iStock
  • 10. Sabão em barra

    Antes de enfiar as mãos na terra, raspe as unhas numa barra de sabão. O sabão que ficar acumulado por baixo das unhas criará uma barreira, impedindo que aquela terra tão difícil de limpar se aloje ali. Quando você lavar as mãos, a barreira de sabão se dissolverá.

    liza5450/iStock
  • 11. Pinça de cozinha

    Leve uma pinça de cozinha com você na hora de aparar roseiras ou qualquer planta espinhosa. As pinças permitirão que você segure os galhos sem se ferir, enquanto poda com a outra mão.

    BookyBuggy/iStock
  • 12. Caixas de leite e de ovos

    As caixas de leite têm o tamanho ideal para servirem de primeiro vaso às sementes. Basta cortar fora a metade superior da caixa, abrir buracos no fundo, enchê-la com a mistura de terra e plantar de acordo com as instruções no pacote.

    Por outro lado, caixas de ovos também podem ser a sementeira perfeita para suas plantas. Use caixa de papelão, não de plástico ou isopor. Encha as cavidades da caixa com terra e plante algumas sementes em cada uma delas. Quando as sementes germinarem, divida a caixa em cavidades individuais e plante, com papelão e tudo.

    doomu/iStock
  • 13. Borra de café

    Quando o pó de café tiver cumprido a sua função dentro de casa, aproveite a borra para o lado de fora. Polvilhe o jardim, onde a borra de café entrará em decomposição e acrescentará nutrientes à terra. Conheça também estas 10 novas formas de reutilizar o filtro de café em casa!

    penkanya/iStock
  • 14. Plástico-bolha

    Mantenha os vasos das plantas de áreas externas aquecidos e protegidos dos danos causados pelas geadas. Envolva cada vaso em plástico-bolha e use fita isolante ou barbante para prendê-lo no lugar. Certifique-se de que o plástico esteja colocado alguns centímetros além da borda do vaso. Esse isolamento adicional vai manter a terra aquecida durante todo o inverno.

    Veni vidi...shoot/iStock
  • 15. Cilindros de papel

    Não vá à loja de produtos de jardinagem para comprar vasos para mudas. Basta usar cilindros de papel higiênico ou de toalha de papel. Corte cada cilindro com uma tesoura – o de papel higiênico em dois e o de toalha de papel em quatro. Arrume os cilindros cortados um ao lado do outro numa bandeja, sem deixar espaço entre eles, de forma que não tombem quando você molhar as mudas. Isso também evitará que elas ressequem muito rápido. Depois, encha cada cilindro com o germinador, pressione delicadamente e espalhe as sementes.

    Quando replantar as mudas, lembre-se de cortar a lateral do cilindro e verificar se o papelão está completamente enterrado.

    MonaMakela/iStock

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!