Todo Natal é o mesmo corre-corre. Festas com a família, com os amigos, com os colegas de trabalho. E os presentes? Mesmo que os grupos optem por fazer amigo oculto (ou amigo secreto), são tantos que acabamos gastando muito. Quase sempre o 13º salário vai embora sem que a gente nem sequer perceba.

Mas não precisa ser assim. Veja aqui 6 sugestões para economizar nesta época. Assim, você guarda um pouco do 13º para um projeto especial. Ou mesmo como poupança. Afinal, é importante termos uma reserva.

1. Compre sem sair de casa

A Internet é excelente para comprar presentes, mas você deve desconfiar de entregas de última hora. Em geral, alguma coisa dá errado, forçando-o a sair correndo, na última hora, para encontrar um presente. Se quer garantia de encontrar os presentes a tempo, tente fazer os pedidos de Natal com antecedência de quatro semanas. Além dos presentes, peça on-line os itens de supermercado pesados e volumosos e requisite que sejam entregues em domicílio.

2. Monte uma árvore de Natal pequena

Você não precisa de uma árvore gigantesca e cara para mostrar que é tempo de festa. Uma árvore pequena colocada em uma mesa vale tanto quanto uma árvore grande, embora ela fique mais bonita se você cobrir a mesa com uma toalha decorada que vá até o chão. Ou ainda dispense o uso da árvore e pendure seus enfeites e correntes em galhos recobertos com spray branco e metálico. Pinhas igualmente recobertas, presas com fita colorida, tornam-se enfeites bonitos e econômicos. Evite que as correntes se quebrem e você não tenha de comprar de novo, guardando-as em caixas de ovos.

3. Use o serviço de carta social

Enviar mensagens natalinas para os amigos e parceiros de trabalho não sai de moda. E podem ser eletrônicas, sem custo.

Mas para os mais tradicionais, que fazem questão da mensagem impressa, o correio brasileiro oferece um serviço chamado Carta Social, que visa a estimular o envio de cartas de pessoa física para pessoa física. Então, para enviar cartões de Natal sem gastar uma fortuna, aproveite essa facilidade. O preço da postagem é de R$ 0,01, mas observe o peso da carta: não pode ultrapassar 10 gramas. Para utilizar o serviço, basta colocar seu cartão num envelope comum e escrever Carta Social, na frente, no canto inferior esquerdo, acima das quadrículas reservadas à indicação de CEP.
O melhor de tudo é que o serviço é válido em todo o território nacional.

4. Economize na embalagem

Não gaste uma fortuna na embalagem. Lembre-se de que ela vai para o lixo assim que o presente for aberto. Papel branco liso, decorado com caneta hidrográfica, tem ótima aparência, e a fita “plástica” vendida na papelaria é muito mais cara do que a fita “verdadeira” que se compra, a metro, no balcão do armarinho de seu bairro. Para realçar a aparência, escolha uma fita com borda dourada ou prateada e, simplesmente, amarre-a ao redor do presente embrulhado em papel de seda. Para embrulhar presentes pequenos, retalhos de tecido dão um toque incomum e decorativo. Quanto às etiquetas de presente, faça as suas próprias, com cartão ou papel de embrulho – ou corte motivos de cartões que você recebeu no ano anterior. Para um acabamento profissional, faça um furo de maneira a poder passar a fita, usando o furador de papel.

5. Compre a comida das festas com inteligência

Resista à pressão de armazenar comida para o feriado ou de comprar um peru enorme se serão apenas quatro pessoas à mesa. Na pior das hipóteses, os supermercados fecharão por apenas dois dias durante o feriado, assim não há necessidade de comprar coisas extras. Mas, para não ser pego de surpresa se surgir algum convidado inesperado, é aconselhável ter alguma coisa de reserva no congelador ou na despensa.

6. Não desperdice…

Não jogue fora restos deliciosos. Peru e presunto cozidos e resfriados fazem ótimos sanduíches e, estando fatiados e bem vedados, poderão ficar no congelador por até seis meses. O caldo obtido com a fervura de ossos de aves, misturado com cebola, cenoura, cogumelo e ervas, dá sopas fantásticas e pode ser congelado sem problemas. Sobras de queijos de massa dura, como o roquefort, também reagem bem ao congelamento; descongelados, eles podem ser usados como cobertura de pizza e recheio de peito de frango.

Veja mais dicas de como evitar o desperdício de comida, como organizar festas sem desperdício e ideias para aproveitar as sobras.