Faça uma busca
|
Publicado em: 5 de junho de 2020

Como podemos cuidar do meio ambiente e ter uma vida mais sustentável

Imagem: Marcin Wiklik/iStock

Proteger o meio ambiente é uma maneira de garantir o futuro para as próximas gerações. Atitudes simples e ecologicamente corretas contribuem para um ambiente mais saudável, que beneficiará a todos. Na galeria abaixo você pode conferir como você pode cuidar do meio ambiente e ter uma vida mais sustentável!

Saiba aqui mais sobre preservação do meio ambiente.

  • Marcin Wiklik/iStock

    O que é viver de modo ecologicamente correto?

    Todos queremos levar uma vida feliz e equilibrada. Queremos nos sentir bem e estar em forma, ter mais tempo livre, gastar menos com as contas da casa e atuar de maneira positiva em relação ao meio ambiente. Ao assumir uma postura ecologicamente correta diante da vida, você pode alcançar tudo isso. Viver de modo ecologicamente correto significa estar em harmonia com a natureza.


  • Goran13/iStock

    Alimentos processados

    Na verdade, esta é uma regra genérica, porém positiva, que pode ser aplicada a diversos aspectos da vida. Por exemplo, você sabe se a comida servida em seu jantar, toda noite, é feita com alimentos frescos e orgânicos, livres de aditivos, como corantes, flavorizantes e conservantes? Ao evitar alimentos processados, você garante que sua família tenha uma dieta saudável, rica em proteínas, vitaminas e minerais essenciais ao seu bem-estar e à sua saúde a longo prazo.


  • peangdao/iStock

    Alimentos orgânicos 

    Ao comprar alimentos orgânicos certificados, você tem certeza de que foram cultivados naturalmente, sem a ameaça de fertilizantes e pesticidas químicos. Talvez você já recicle garrafas, latas e papel, e use sacolas de tecido, e não de plástico. Mesmo assim, gostaria de fazer mais, só não sabe por onde começar.


  • Marques amgf/iStock

    Combustível fóssil

    Se você se preocupa com o preço dos combustíveis, pense na possibilidade de ir a pé ou de bicicleta para o trabalho, nem que seja apenas numa parte do caminho. Esse hábito vai melhorar sua saúde e forma física, além de poupar o dinheiro do combustível ou do transporte coletivo – e ainda contribuirá para diminuir a poluição do ar.


  • Juliette Wade/Garden Picture Library

    Hortas orgânicas em vasos

    Em casa, se você não tem espaço para um jardim, considere a possibilidade de cultivar ervas e verduras orgânicas em vasos na varanda ou em jardineiras na janela. Assim, terá ingredientes frescos por um preço irrisório. E se sentirá seguro, pois nada fará mal à sua saúde.

    Leia também: Como fazer uma horta em 10 passos


  • FabioIm/iStock

    Quais são os benefícios?

    Uma atitude ecologicamente correta simplificará sua vida, além de reduzir gastos com compras e contas da casa. Agindo dessa forma você estará beneficiando o meio ambiente – seja economizando energia e água ou contribuindo para diminuir a poluição do ar ou não sobrecarregar os aterros sanitários.


  • Royalty-Free Corbis

    O ar da sua casa

    Por exemplo, você sabe que o ar no interior de uma casa pode estar até três vezes mais poluído que o ar no lado de fora? Uma das principais fontes dessa poluição doméstica é o arsenal de produtos químicos de limpeza usados habitualmente. No entanto, esses produtos são dispensáveis, pois existe uma variedade de substâncias naturais capazes de atuar de maneira talvez até mais satisfatória. Se você se preocupa com o uso de produtos químicos em casa, mas não sabe o que descartar, pense na possibilidade de montar um kit de limpeza sustentável.


  • JPC-PROD/iStock

    Bicarbonato de sódio

    Talvez você tenha bicarbonato de sódio na despensa, mas só o utilize para cozinhar, sem saber que pode ser empregado em muitos outros serviços da casa. Experimente usá-lo na próxima vez que limpar o fogão, dar brilho na pia, desentupir encanamentos, desinfetar móveis e carpetes, remover manchas de lençóis e até quando escovar os dentes! O bicarbonato – item essencial no kit de limpeza sustentável – é barato, fácil de usar e não polui o ar nem a água.


  • viafilms/iStock

    O que você pode fazer?

    Comece a adotar mudanças gradualmente. Na próxima vez que comprar papel higiênico, escolha uma marca feita de material reciclado. Quando precisar trocar uma lâmpada, experimente os modelos fluorescentes, mais econômicos. Alguns duram até 12 anos! Isso não só reduz a conta de energia, como também representa uma pequena porém importante contribuição na diminuição do custo ambiental que uma usina hidrelétrica impõe.


  • shironosov/iStock

    Compras de mercado

    Outra providência que você pode tomar é simplesmente controlar o que compra ou usa. Se costuma tomar café no trabalho, por exemplo, leve uma xícara para seu uso, em vez de acrescentar mais um aos milhões de copos descartáveis jogados fora anualmente.


  • Digital Vision

    Sacolas reutilizáveis

    Evite as sacolas plásticas ao fazer compras. Se possível, utilize as de tecido, que podem ser usadas por tempo indeterminado. Pense nisso, na próxima vez que for ao mercado ou à feira.


  • southtownboy/iStock

    Celulares

    Também há produtos mais caros cuja compra você pode pensar em evitar ou então reciclá-los. Por exemplo, milhares de pessoas no Brasil trocam de celular em média a cada 18 meses, o que resulta em milhões de aparelhos em aterros sanitários, liberando níquel e outros metais no solo e no lençol freático. O ideal é que a troca dos aparelhos seja protelada o máximo possível, pois ainda não temos programas de reciclagem de aparelhos. Já as baterias podem ser der retidas e transformadas em outros produtos.


  • Francesco Scatena/iStock

    Móveis e acessórios da casa

    Portanto, antes de jogar qualquer objeto fora – seja uma jarra de vidro ou um móvel em péssimo estado –, avalie se ele pode ser reutilizado, reciclado ou doado a alguém.


  • FabrikaCr/iStock

    Cartuchos de tinta

    Os cartuchos de tinta de impressora, por exemplo, podem ser recondicionados. À medida que se sentir mais confiante em sua atitude sustentável, tente ampliar suas atividades.


  • kasto80/iStock

    Compra de produtos no supermercado

    Ao escolher um produto no supermercado, verifique o rótulo – há muitos aditivos, indicando que o alimento foi intensamente processado? Se você costuma comprar uma determinada marca de cereal matinal, por exemplo, pode não estar ciente de que o processo de fabricação acrescenta açúcar e gordura. Entretanto, ao preparar seu próprio cereal, é possível economizar, conhecer a composição exata do que está comendo e adequá-la à sua dieta. Além disso, se comprar os ingredientes em grandes quantidades, reduzirá o número de embalagens pela casa – menos pacotes para arrumar e menos lixo.


  • MonthiraYodtiwong/iStock

    Questões ambientais

    Existem outras grandes questões ambientais que afetam nosso dia a dia. Se você vive numa área sujeita a racionamento de água, economizá-la é uma meta importante em sua casa. Há várias medidas simples que podem reduzir o consumo de água e, com isso, poupar dinheiro. Por exemplo, encha uma garrafa plástica de um litro com água e coloque-a na caixa acoplada do vaso sanitário; toda vez que você der descarga, economizará um litro de água. Na próxima vez que comprar uma lavadora de roupas, pense em optar por um modelo com abertura frontal. Esse tipo de máquina usa até 60% menos água do que o de abertura superior. Se você consertar uma torneira pingando assim que perceber, poderá economizar até 90 litros de água numa semana.


  • ByoungJoo/iStock

    Economizar água

    E existem várias outras providências que podem ser tomadas para reduzir o consumo de água numa casa – instalar um chuveiro que controle o fluxo de água, um tanque para armazenar água da chuva ou regar o jardim com água previamente utilizada.


Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados