Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 18 de abril de 2020

Como a glicose pode afetar o seu humor e a sua memória

Entenda por que manter a glicose sobre controle é muito importante para o seu humor e sua memória.

Imagem: Deagreez/iStock

O humor é intimamente afetado pelos níveis de hormônios no organismo, incluindo os da insulina. Um após outro, esses hormônios afetam os neurotransmissores – mensageiros químicos que agem no cérebro. Os diversos tipos de nutrientes, incluindo carboidratos e proteínas, agem sobre esses transmissores de formas diferentes, causando sonolência ou dando mais disposição. O cérebro, no entanto, pode ser ainda mais sensível a um simples componente: a glicose no sangue.

A conexão com o humor e a memória

Ao contrário dos músculos, o cérebro não armazena açúcar. Ele precisa da quantidade certa, sempre que necessário, para funcionar da melhor forma. Por isso é tão sensível até a uma pequena diferença na quantidade de açúcar disponível. Um fornecimento estável de glicose é de longe a melhor opção.

Tanto os níveis baixos de glicose como os elevados podem causar problemas quando se trata do humor e da memória. As pessoas relatam mais sintomas de depressão quando a glicemia está baixa. E a memória também é afetada. Em um estudo, pessoas com diabetes tiveram mais dificuldade em lembrar de acontecimentos e se concentrar – além de ficarem de mau humor – quando a glicose estava baixa. Naquelas com diabetes tipo 2, oscilações na glicemia estão relacionadas não apenas a uma memória fraca, como também, com o passar do tempo, ao declínio cognitivo e à demência.

Confira também: Receitas fáceis com frutas vermelhas que ajudam a controlar a glicose

Já os níveis elevados – muito antes de causarem diabetes – podem causar danos ao cérebro, reduzindo a região que armazena memórias e elevando o risco de doença de Alzheimer. Pesquisadores da Universidade de Nova York descobriram que pessoas com tendência a aumento da glicemia após as refeições apresentavam um hipocampo (parte do cérebro mais associada à memória de longo prazo) menor do que aquelas com níveis de glicose no sangue mais baixos após as refeições.

Pessoas com diabetes que controlam bem a glicemia relatam melhoras de humor, menos depressão e menos fadiga. Estudos revelaram que quanto melhor é o controle do nível de açúcar, maior é a capacidade de relembrar um parágrafo depois de lê-lo e memorizar palavras de uma lista.

Em geral, começar com um bom café-da-manhã é a melhor forma de melhorar o desempenho mental durante o dia. Pesquisas mostram que essa refeição melhora o humor, a agilidade mental, a concentração e a memória. Escolher o café-da-manhã certo, aquele que mantém a glicose no sangue estável até o almoço, é ainda melhor. Veja como controlar a glicemia sem perder o sabor com 6 opções de café da manhã deliciosos.

Continue aprendendo mais sobre saúde e bem-estar no nosso site!

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados