Faça uma busca
|
Publicado em: 2 de fevereiro de 2020

Seus gatos andam mal-humorados? Descubra os 4 principais motivos!

A Dra. Katrina Warren é veterinária em Sydney, na Austrália. Confira as dicas que ela passou sobre gatos!

Imagem: Koldunova_Anna/iStock

Há muitas razões para alguns gatos serem mal-humorados; seu temperamento pode ser influenciado pela criação ou, simplesmente, nascem assim. No entanto, até os gatos mais doces e afetuosos podem, de repente, perder o bom humor e se comportar de forma estranha. Em geral, o problema pode ser resolvido. Mas é preciso procurar as causas que estão por trás dessa atitude.

1– Dor/Questões médicas

Frequentemente, a mudança no comportamento dos gatos é explicada por problemas de saúde. A dor pode fazer os gatos se comportarem de maneira muito diferente, e é fácil achar que o problema é comportamental quando, na verdade, é clínico. Por isso, se observar uma mudança significativa no comportamento de seu gato, o melhor a fazer é uma visita ao veterinário. Além disso, observe mudanças nos hábitos de se alimentar, beber água e usar a caixinha, ou se o gato se esconde e evita ser tocado. E não se esqueça também de descrever todas as mudanças ao veterinário. Há muitos problemas de saúde felina que podem ser facilmente tratados para aliviar os sintomas e a dor de seu animal.

2 – Morar numa casa com muitos gatos

É bom lembrar que os gatos não gostam de dividir nada nem de fazer fila. Por isso, compartilhar “recursos”, como a caixinha de areia e o prato de comida, pode provocar estresse e ansiedade em muitos deles. É sempre bom fornecer a cada gato sua caixinha de areia, seus pratos de água e comida e sua cama própria. Uma caixinha de areia para cada um dos gatos e mais uma extra é ainda melhor. Assim como vários arranhadores e lugares para dormir.

A falta de espaço para se esconder ou para evitar outros gatos, a competição pelo território e a falta de atenção individual também aumentam o atrito doméstico. Se seu gato estiver ansioso, oferecer-lhe um lugar elevado para ficar, como um castelo, pode ajudar.

3 – Mudanças

A mudança para uma nova casa, a chegada de um bebê, novos animais e outros tipos de alteração de rotina podem causar grande impacto sobre o comportamento do felino. Os gatos são criaturas de hábitos e tendem a ser territoriais. Assim, mudanças em sua rotina podem causar várias reações, como isolamento ou agressão. Tente manter o ambiente do gato o mais calmo possível. Além disso, cuide para que haja lugares onde ele se sinta seguro. Às vezes, confiná-lo num único cômodo com uma caixinha de areia, uma caminha e confortos domésticos pode ajudá-lo a se ajustar.

4 – Personalidade dos gatos

Alguns gatos simplesmente não gostam de ser tocados e manuseados. Em geral, são gatos que tiveram pouca socialização com seres humanos quando filhotes. Esses gatos se sentem melhor numa casa tranquila sem crianças e exigem compreensão e paciência para construir a confiança.

Mais informações importantes:

gatos

E se você é mãe/pai de pet de primeira viagem, confira também esse artigo com todas as informações que deve se atentar antes de adotar seu bichinho!

pela Dra. Katrina Warren

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


Cadastre-se GRÁTIS para continuar lendo


Você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos

Já tem cadastro? Faça login aqui.

Já sou assinante da Revista Impressa

close