Provavelmente você já deve ter ouvido falar na massagem tântrica. Mas afinal, o que é essa tal massagem e quais são os benefícios que ela proporciona?

A massagem tântrica surgiu na cultura Drávida em 2500 a.C, e tem como base a filosofia Tantra. Desde então, tem conquistado adeptos por seu potencial de realização sexual e outras melhorias na qualidade de vida dos seus praticantes, incluindo redução da ansiedade e depressão

Elogiada por alguns e olhada com desconfiança por outros, a massagem tântrica promete alguns benefícios surpreendentes. 

Confira alguns benefícios da massagem tântrica:

(Imagem: Prostock-Studio/iStock)
  • Maior autoconfiança;
  • Remoção de bloqueios físicos e mentais;
  • Aumento do desejo;
  • Alívio na dor da penetração no vaginismo;

Mas como, afinal, a massagem tântrica funciona? 

Embora algumas pessoas acreditem que a massagem tântrica seja uma massagem erótica, e até mesmo em muitos lugares ela seja vendida dessa forma, na verdade ela muito mais do que apenas isso.  

Para além da busca pelo sexo e prazer, esse estilo de massagem busca uma maior circulação da energia vital nos chacras – kundalini – por meio dos toques.

E assim, auxilia no processo de cura, física e mental, além de impactar também no processo de autoconhecimento. E isso porque tal como em uma sessão terapêutica, os toques da massagem tântrica podem servir para revelar diversos aspectos sobre sua vida e ajudá-lo a ter mais clareza sobre sua tomada de decisões.

Como funcionam as sessões de massagem tântrica?

Após marcar um horário com um massoterapeuta tântrico, o primeiro passo da sessão, que costuma levar cerca de uma hora, é uma conversa.

Em seguida, é necessário que você retire sua roupa para que assim o massoterapeuta percorra o seu corpo, por meio de movimentos circulares, usando o dorso da mão, ponto dos dedos, e assim por diante.

E assim, sempre com toques delicados, o massagista vai se conectando com as energias do cliente e despertando-as. Para executar as manobras, quanto mais confiança o cliente tiver no terapeuta mais bem sucedida será a massagem. 

Leia também 8 benefícios do sexo para a saúde que você precisa conhecer!

Ao término de uma sessão de massagem tântrica, você se sentirá mais relaxado. Além disso, também é natural e esperado que homens e mulheres consigam vivenciar uma relação sexual mais intensa com seus parceiros. E isso porque esse tipo de massagem dá abertura para formas mais fluidas de experimentar o prazer sexual.

Como fazer uma massagem tântrica em casa?

como fazer uma massagem tântrica
(Imagem: bernardbodo/iStock)

Para uma massagem tântrica mais aprofundada, são necessários alguns conhecimentos técnicos e teóricos. E isso porque há diversos movimentos que podem ser feitos.

Porém, caso queira, também é possível realizar uma massagem tântrica em casa, de modo simplificado, seguindo algumas recomendações simples. Confira!

1. Aposte no ambiente 

O ambiente exerce muita influencia na massagem tântrica. Por isso, cristais, pedras, mandalas e yantras, que são objetos tradicionalmente utilizados, podem ajudar a compôr a decoração. E assim, torná-la mais íntima e aconchegante. 

Além disso, escolha também uma música relaxante para tocar ao fundo. De preferência algum mantra suave, sem muita oscilação de tom, de modo que não roube a atenção dos estímulos do toque que você irá aplicar em seu parceiro. 

2. Escolha o aroma

Os perfumes servem para estimular as glândulas e os toques. Atente-se para a escolha de um leve, não muito forte ou enjoativo. Caso prefira, use um incenso, aromatizador ou uma vela.

3. Óleos corporais

Para fazer com que os movimentos sejam executados com maior fluidez, separe um óleo corporal para utilizar em seu parceiro. Opte por um sem cheiro, para que não conflite com o perfume do ambiente. Caso queira, escolha um que esquente ao friccionar as mãos ou um óleo essencial

Confira um passo a passo das manobras tântricas

como fazer uma massagem tântrica
(Imagem: Dangubic/iStock)

Com o ambiente preparado, os parceiros devem retirar as roupas e sentar-se de frente um para o outro, de pernas cruzadas (posição de lótus). Agora, o importante é que vocês se permitam um momento para buscar uma conexão por meio do olhar, sem toque. 

Permaneçam assim por alguns minutos, sem pressa, permitindo que ocorra uma transferência de energia entre seus corpos. E assim, que seja possível criar uma sintonia de respiração e olhar. 

Ao senti-la, vocês estão preparados para iniciar a massagem tântrica. 

  1. Aquele que irá iniciar a massagem deve posicionar-se na altura dos pés do parceiro, deitado de bruços. Comece massageando os calcanhares, em movimentos circulares com os polegares. Em seguida, continue friccionando todos os pés. Sempre em movimentos suaves. 
  2. Suba os movimentos, percorrendo agora a panturrilha e em seguida a coxa do seu parceiro. É importante que a massagem tântrica seja feita com calma e delicadeza.
  3. Em seguida, suba os movimentos para os glúteos e depois para as costas. Evite movimentos muito repetitivos. O importante da massagem tântrica é envolver o seu parceiro na sensação, tornando os toques inesperados. 
  4. Você também pode tocar os cabelos e a nuca do seu parceiro, massageando-os suavemente.
  5. Em seguida, repita os movimentos, agora com as costas virada para baixo. O casal pode escolher se trará a massagem para a região genital ou não. Isso dependerá da intimidade que eles queiram ter no momento.
  6. Caso queiram, estimule os genitais com delicadeza, deixando para o final, pois quanto maior a espera mais intenso será o prazer.

Gostou dessas dicas para realizar uma massagem tântrica? Então, caso queira se aprofundar ainda mais no assunto, recomendamos que você busque leituras e vídeos. E pratique quantas vezes quiser em seu parceiro! Nós te garantimos que isso propiciará muita conexão entre vocês… e prazeres para além da cama!

Confira alguns vídeos sobre técnicas de massagem tântrica

Confira também 11 dicas para apimentar sua vida sexual!