Faça uma busca
Saúde

Saiba como fortalecer o sistema respiratório na velhice

Ter fôlego para seguir vivendo bem a vida é fundamental. Veja como manter seus pulmões em forma!

Escrito por:

Thaís Garcez

Redator
sistema respiratorio
monkeybusinessimages/iStock
Publicado em: Última atualização:

Problemas para respirar ou recuperar o fôlego se tornam mais flagrantes quando ficamos mais velhos. Cuidar bem do sistema respiratório pode ajudar a melhorar a capacidade e a resistência à doença no futuro. Como outras partes do corpo, os pulmões mudam com a idade; embora a atividade física e os exercícios de respiração profunda ajudem a preservar sua potência.

Conforme envelhecemos, as paredes torácicas se tornam mais rígidas; os alvéolos (pequenas bolsas de ar) murcham, podendo não funcionar da forma eficiente como faziam; e as paredes pulmonares se tornam menos elásticas, reduzindo o volume de ar que podem receber.

A potência dos pulmões

A capacidade pulmonar máxima – a maior quantidade de ar que os pulmões podem suportar – permanece razoavelmente constante ao longo da vida, mas há uma diminuição de volume de ar que se pode expirar com força. Isso ocorre porque o chamado volume residual – a quantidade de ar que permanece nos pulmões após a respiração – aumenta.

Conforme envelhecemos, mais ar viciado permanece nos pulmões após a respiração e, por conseguinte, a capacidade pulmonar de reserva é reduzida. A boa notícia é que a maioria das mudanças respiratórias normais que aparecem com a idade não tem muito efeito adverso sobre a função pulmonar em adultos saudáveis mais velhos. Embora uma pequena capacidade pulmonar reserva signifique que não se inspira tanto oxigênio quanto quando se era mais jovem, normalmente, você não perceberá essa mudança durante as atividades normais. Mas é possível que fique sem ar quando fizer mais esforço do que está acostumado (ou se estiver em altitudes mais altas).

A capacidade pulmonar diminuída também pode: afetar a concentração e a memória; fazer você se sentir mais fatigado e com menos vigor; aumentar os riscos de infartos; e outros problemas incapacitantes de saúde.

A função pulmonar é um bom termômetro para a sua saúde geral. Não é necessário se tornar um cantor de ópera para alcançar uma boa capacidade pulmonar e um controle respiratório, mas deve garantir o exercício dos pulmões e respirar de forma eficaz, pois isso é a chave para uma vida ativa e saudável na velhice.